BMW X5 movida a hidrogênio chega em 2022 com ajuda da Toyota

1 min de leitura
Imagem de: BMW X5 movida a hidrogênio chega em 2022 com ajuda da Toyota
Imagem: BMW
Avatar do autor

A BMW, uma das primeiras empresas a lançarem carros elétricos, está planejando transformar alguns modelos pré-existentes em versões movidas a células de hidrogênio. O primeiro carro da montadora a receber essa tecnologia, baseada no conceito i Hydrogen Next, será o BMW SUV X5. A versão “hidrogenada” tem previsão de lançamento para 2022 e será fabricada com ajuda da Toyota.

A participação da montadora japonesa vai ser importante, já que ela possui experiência neste tipo de combustível desde 2015. Um dos exemplos de carros a hidrogênio da marca é o Mirai que, vale destacar, já está na segunda geração.

O novo carro da BMW promete uma potência total de 374 cv e, além das células de hidrogênio, o veículo também contará com um motor elétrico - o mesmo usado no modelo iX3.

jsiuhda  BMW 

Por meio da reação química entre o hidrogênio armazenado e o oxigênio presente no ar, o sistema de células será capaz de gerar 125 kW de energia elétrica. Esse processo faz com que o veículo emita somente vapor de água.

A nova BMW SUV X5 contará com dois cilindros de 700 bar, cada um contendo 6 kg de hidrogênio. O motorista poderá abastecer os cilindros em 3 ou 4 minutos que é basicamente o mesmo tempo necessário para completar um tanque de combustível normal. A montadora ainda não revelou o consumo deste modelo.

De acordo com a BMW, outros modelos somente receberão uma versão “hidrogenada” a partir de 2025. Como esse tipo de veículo ainda é uma grande novidade, é necessário que uma série de estudos mercadológicos sejam feitos para popularizar a tecnologia.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
BMW X5 movida a hidrogênio chega em 2022 com ajuda da Toyota