Teste do Uber na Califórnia deixa motorista escolher valor da corrida

1 min de leitura
Imagem de: Teste do Uber na Califórnia deixa motorista escolher valor da corrida
Avatar do autor

A empresa de transportes Uber iniciou um novo período de testes de uma função para motoristas no estado norte-americano da Califórnia. A partir de agora, os próprios condutores podem escolhar qual será a taxa de uma corrida.

Os aumentos serão sugeridos em faixas de 10% sobre o valor original da corrida e é possível elevar esse preço em até cinco vezes. Entretanto, o próprio aplicativo vai fazer o "match" entre condutor e passageiro, selecionando sempre o menor preço disponível. Isso significa que os motoristas que pedirem muito vão acabar deixados de lado, mas pode resultar também em um aumento do uso de apps da concorrência que trazem tarifas mais fixas.

De acordo com o The Wall Street Journal, a medida é possivelmente uma tentativa de Uber de dar mais autonomia aos colaboradores parceiros e transformá-los em usuários de uma tecnologia. Por enquanto, o recurso está disponível apenas nos veículos em operação ao redor dos aeroportos em Santa Barbara, Palm Springs e Sacramento. A Califórnia já foi palco de testes de outras funções do app, que às vezes incorpora esses recursos em pequenas cidades que não impactem tanto a geração de receita.

Funcionário ou usuário?

Essa é claramente uma resposta à aprovação da AB-5, uma legislação que regulamenta a relação empregatícia entre a empresa e quem trabalha por esses aplicativos. Segundo o novo decreto, a companhia deve reconhecer os condutores como funcionários e, por isso, garantir uma série de direitos antes deixados de lado.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Teste do Uber na Califórnia deixa motorista escolher valor da corrida