Dá para recarregar um carro elétrico na tomada da sua casa?

3 min de leitura
Patrocinado
Imagem de: Dá para recarregar um carro elétrico na tomada da sua casa?
Avatar do autor

Quando o assunto é carro elétrico, uma das dúvidas mais comuns é com relação ao modo de carregamento. Afinal, o diferencial é exatamente o “combustível” desses modelos, que dispensam a queima de combustíveis fósseis parcialmente ou totalmente — como é o caso do Novo Nissan LEAF, um carro considerado Zero Emissão.

Mas, afinal, é possível carregar um carro elétrico na tomada de sua casa? Ou é necessário ter acesso a um conjunto específico de carregadores e tomadas para proporcionar o carregamento completo do seu veículo?

Neste artigo, a convite da Nissan, vamos falar um pouco sobre esse assunto que deve gerar muitas dúvidas nos consumidores.

Como funciona a bateria de um carro elétrico?

Apesar de toda a tecnologia envolvida na criação de uma bateria de um carro elétrico, esse componente de alimentação de energia não é muito diferente de uma pilha convencional. Aquela usada para energizar o controle remoto ou a bateria do seu smartphone, por exemplo.

Novo NIssan LEAF

Uma pilha comum é um conjunto composto basicamente de três elementos: o ânodo (polo negativo), o cátodo (polo positivo) e um eletrólito. Para fornecer energia, a pilha transforma essa solução química por meio de um processo de transição de elétrons entre os dois polos. Assim, a eletricidade é produzida justamente pela condução dos íons gerados por essa troca através do eletrólito.

Nos carros elétricos, a bateria é composta por milhares dessas “pilhas”, que geralmente são unidas de forma paralela ou em série, sendo responsáveis por proporcionar a energia consumida pelo motor do veículo. No caso do Novo Nissan LEAF, a bateria tem o formato de lâminas, chamadas de células. Nesse modelo, as baterias são compactas e ficam no assoalho.

Como carregar um carro elétrico?

Respondendo à pergunta do título: sim, um carro elétrico pode ser totalmente carregado na tomada de casa. Essa constatação coloca por terra o preconceito de quem pensa que os veículos movidos a eletricidade demandam grandes mudanças na rotina e na estrutura doméstica.

Novo NIssan LEAF

Tomemos como base o Nissan LEAF, por exemplo. Esse modelo, o carro elétrico mais vendido do mundo, possui um total de três modos de recarga, aumentando consideravelmente sua versatilidade.

A primeira delas é o que a marca chama de carregamento emergencial e utiliza as tomadas aterradas de 110 Volts convencionais. Ela leva um pouco mais de tempo para completar a carga do Novo Nissan LEAF: são necessárias até 20 horas.

A segunda forma de recarga é por meio do WallBox, que atualmente é instalado de maneira gratuita pela Nissan no lugar de preferência do comprador. Esse é o formato preferencial de recarga, que utiliza a tensão de 220 Volts e demanda até 8 horas para completar a bateria do veículo.

Por fim, os postos de recarga de rua representam a terceira forma de recarregar o Novo Nissan LEAF. Esses lugares geralmente possuem os carregadores mais rápidos, capazes de alimentar 80% da bateria do veículo em até 40 minutos. Postos como esses já estão localizados nas grandes cidades brasileiras e, e em muitos deles, a recarga é gratuita.

De acordo com estimativas da fabricante, preencher a bateria do novo Nissan Leaf com o WallBox pode custar entre R$ 25 a R$ 50. Considerando o pior cenário possível, em que a energia elétrica é mais cara e será preciso pagar R$ 50 para “encher totalmente o tanque”, e levando em conta a autonomia desse modelo (que é de 240 km com um única carga), o Novo Nissan LEAF consegue atingir a impressionante marca de R$ 0,20 por quilômetro rodado. Seria o mesmo que rodar 20 km por litro de gasolina (considerando R$ 4 por litro).

Pontos de recarga elétrica começam a ser inaugurados pelo Brasil

A tendência dos carros elétricos fica evidente com a inauguração de novos pontos de recarga. A BR-277, rodovia que liga as cidades paranaenses de Paranaguá e Foz do Iguaçu, é a primeira estrada a possuir pontos de recarga para veículos movidos a eletricidade.

Novo NIssan LEAF

Ao longo do percurso, oito unidades distribuídas pela rodovia servem para esse tipo de abastecimento. Elas estão localizadas nas seguintes cidades: Paranaguá, Curitiba, Irati, Guarapuava, Laranjeiras do Sul, Cascavel, Medianeira e Foz do Iguaçu. Dessa forma, os motoristas de carros elétricos já podem atravessar o estado do Paraná sem deixar de carregar seus carros na estrada.

Essa é uma iniciativa do governo do Estado com a Copel, estatal de fornecimento de energia. Cada eletroposto possui três conectores para carros elétricos ou híbridos, todos eles de carga rápida. Outra notícia boa é o fato de que o carregamento será totalmente gratuito para os motoristas.

Ou seja, mais um incentivo para aqueles que estiverem interessados em um carro elétrico, como o .

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Dá para recarregar um carro elétrico na tomada da sua casa?