Imagem de: Uber começará a fazer entregas por drone nos EUA

Uber começará a fazer entregas por drone nos EUA

1 min de leitura
Avatar do autor

Impulsionado pelo anúncio da Amazon há alguns dias, o modo de entrega aéreo ganhou mais uma novidade essa semana, o serviço de delivery Uber Eats fechou uma parceria com o McDonald's para começar a entregar fast food via drone. A notícia foi anunciada durante o evento Uber Elevate e os testes serão feitos em San Diego, nos Estados Unidos.

O tráfego aéreo pelos céus dos EUA ainda é bastante limitado e existem muitas áreas em que esse tipo de voo não é permitido pela FAA (Administração Federal de Aviação), por esse motivo, os drones decolarão dos restaurantes e voarão até um ponto de distribuição para somente, então, os entregadores levarem até os clientes — de carro, de moto ou bicicleta. Mesmo não fazendo o percurso completamente por drones, a Uber afirma que a logística diminuirá o tempo de entrega dos pedidos.

Mesmo custos de agora

Ao que tudo indica, os custos das entregas aéreas serão aproximadamente os mesmos que os praticados atualmente. Luke Fischer, diretor de Operações de Voo do Uber Elevate, citou no evento que “para os restaurantes e para os clientes, nada muda. Eles vão usar o aplicativo da mesma forma”. Vale lembrar que o serviço de entrega será operado pela plataforma Elevate Cloud Systems, que irá rastrear e guiar todos os drones desde a decolagem até o pouso.

Ainda não há uma data exata marcada para o início dos testes, porém a empresa afirmou que começarão ainda nesse verão do Hemisfério Norte. Até o fim do ano, se espera que outros parceiros, como o restaurante local Juniper & Ivy, sejam incluídos no programa, que infelizmente não tem previsão para chegar ao Brasil.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Uber começará a fazer entregas por drone nos EUA