Imagem de: Startup alemã testa aeronave que promete ser o 'Uber voador'

Startup alemã testa aeronave que promete ser o 'Uber voador'

1 min de leitura
Avatar do autor

Uma startup alemã chamada Lilium realizou seu primeiro teste de decolagem de aeronave elétrica autônoma, que promete operar como um serviço sob demanda. O voo experimental foi breve, com o veículo decolando verticalmente por alguns segundos e depois aterrissando, mas já prenuncia um novo conceito de transporte urbano.

Com capacidade para acomodar até 4 passageiros, o veículo poderá transportá-los pelos ares em uma velocidade máxima de 300 quilômetros por hora. Assim, o pequeno jato da Lilium reduzirá longas trajetórias para apenas poucos minutos. A ideia é que ele funcione como os aguardados carros voadores das histórias de ficção científica, mesmo que esteticamente lembre mais um avião.

(Fonte: Reprodução/Lilium)

Lançamento para 2025

O primeiro teste da companhia foi feito no modo autônomo, porém o táxi aéreo terá um piloto e poderá ser solicitado via aplicativo, assim como o Uber. Até que isso seja uma realidade, a Lilium fará melhorias na aeronave e iniciará processos de licenciamento para voos na Europa e nos Estados Unidos. O plano é lançar o serviço aéreo sob demanda até 2025.

Ainda não é possível ter uma noção de quanto esse tipo de transporte poderá custar ao usuário final, devido ao fato de a aeronave ainda estar sendo desenvolvida. Enquanto isso, a startup terá vários desafios pela frente, tanto em termos de tecnologia quanto de concorrência.

Segundo o site The Verge, existem mais de 100 programas de veículos elétricos voadores em andamento no mundo. Nesse grupo estão gigantes do setor, como Airbus, Boeing e Bell Helicopter — que tem parceria com a própria Uber.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Startup alemã testa aeronave que promete ser o 'Uber voador'