Quem já precisou usar Uber chegando de uma viagem em um aeroporto sabe que isso pode ser uma grande dor de cabeça. Além do trânsito que isso gera no local, muitas outras pessoas estão tendo as mesmas dificuldades em fazer a mesma coisa, sem contar que o motorista se mata para encontrar quem chamou a carona dele.

Isso vai facilitar na hora dos passageiros saírem de lugares com grande concentração de pessoas e vai eliminar o tempo de aguardar o carro e ficar procurando qual é a sua carona certa

Para tentar driblar esses problemas, a Uber começou a testar uma função no aeroporto internacional de Portland: em vez de você sacar o celular e pedir a carona pelo aplicativo, basta chegar em uma área definida da empresa e pegar o primeiro carro que vai estar lá disponível. O usuário vai, então, fornecer um código de seis dígitos para o motorista e verificar, no app mesmo, se as informações sobre ele e o carro batem.

Fugindo da muvuca

Isso vai facilitar na hora dos passageiros saírem de lugares com grande concentração de pessoas e vai eliminar o tempo de aguardar o carro e ficar procurando qual é a sua carona certa. Caso os testes sejam bem sucedidos no aeroporto de Portland, o sistema vai ser levado para outros aeroportos dos Estados Unidos e, posteriormente, de outros países.

A Uber já testou esse sistema em outras ocasiões, mas implantá-lo definitivamente é sempre uma complicação, visto que a empresa depende de ter disponível uma área para manter motoristas a postos para levar passageiros que vão chegando. Ainda não há informações sobre quando o serviço pode chegar ao Brasil.

Cupons de desconto TecMundo: