Recentemente, o estado de Washington, nos Estados Unidos, anunciou a permissão para o uso de robôs voltados para entregas. A revelação foi feita após o governador Jay Inslee ter assinado a nova legislação (que, aliás, foi entregue por um robô) permitindo o uso desse tipo de equipamento por lojas.

Segundo as informações divulgadas, os robôs devem andar pelas calçadas e não atrapalhar a circulação de pedestres e ciclistas. Eles também devem obedecer a um limite de velocidade de aproximadamente 10 km/h, além de contar com a possibilidade de ser controlado por um operador humano caso seja necessária uma intervenção.

Aliados do bem

O uso de robôs para entregas tem se mostrado algo extremamente benéfico, tendo em vista que eles não poluem o ambiente e não fazem muito barulho. Já é possível encontrar alguns deles “trabalhando” em universidades, onde são utilizados para entregar bebidas e petiscos para os estudantes.

Vale mencionar que o primeiro estado a aprovar o uso de robôs para entregas nos Estados Unidos foi a Virginia, ação que foi seguida posteriormente por alguns outros, entre eles Ohio, Flórida, Arizona e Utah, apenas para citar alguns exemplos.

A Startship Techonologies foi a responsável por distribuir os equipamentos em algumas dessas localidades, e não se sabe ao certo se ela também ficará responsável pela construção dos novos entregadores de Washington.