A Arc anunciou sua moto elétrica Vector. Com um visual que parece tirado de um filme de ficção científica, a Vector vai de 0 a 100 km/h em 2,7 segundos, atingindo a velocidade máxima de 241 km/h.

Seu corpo, todo em fibra de carbono, permite que a moto seja muito mais leve que suas concorrentes de mesma categoria. Falando em design, é nesse quesito que a moto chama a atenção logo de imediato, pois foi concebida para despertar o interesse de quem valoriza a exclusividade. Os componentes foram organizados buscando criar um corpo inteiriço e compacto.

Seu motor, situado logo abaixo do piloto, tem 95kW de potência. Ele é mais lento que o motor da Tesla Roadster, que vai de 0 a 100 km em 1,9 segundos. Entretanto, ainda consegue impressionar para uma moto elétrica. Ela também usa um novo e exclusivo tipo de células de bateria, que também promove a leveza, sendo que sua autonomia é de 193 quilômetros na rodovia e 247 na cidade. Ela ainda tem amortecedores Ohlins e freios Brembo.

Além do design incrível, a Vector tem tecnologia de ponta

Não se trata apenas de um “corpinho bonito”... A Vector traz um sistema sensorial integrado ao capacete e à jaqueta que a acompanha.

O capacete possui um display que mostra informações do trajeto em tempo real, até mesmo uma visão posterior, já que tem uma câmera traseira embutida. O funcionamento é via Wi-Fi, com os controles na própria moto, ou através de comandos de voz. Na jaqueta, o sistema de sensores emite vibrações que são sincronizadas com a música que o piloto estiver ouvindo, e também serve para alertar sobre outros veículos que se aproximam por trás.

Tantas características exclusivas não poderiam estar à disposição de qualquer um. A Vector custa €103 mil, o equivalente a R$ 441 mil (cotação do dia 7.11.2018) e apenas 355 unidades serão produzidas.