O presidente da Uber, Dara Khosrowshahi, disse nesta terça-feira (9) que a sua gestão diante da empresa pretende realizar ajustes na cultura da empresa, além de focar em melhorar a qualidade de vida dos motoristas e também a segurança tanto de quem trabalha com o app quanto para os usuários.

Além disso, durante a sua exposição no Vanity Fair New Estabilishment Summit, realizada em Los Angeles, nos Estados Unidos, ele falou sobre a intenção de levar a companhia à bolsa de valores em 2019. Atualmente, a Uber é a joint venture de capital privado de mais valiosa de todo o mundo, com valor de mercado de US$ 72 bilhões.

Apesar de ainda não ser lucrativa, o executivo acredita que o seu negócio é sólido e isso deve convencer o mercado.

“Se locomover é algo que você faz todos os dias. Comer é algo que você faz três vezes ao dia”, comentou ao citar as duas áreas de atuação da empresa — locomoção e entrega de comida. “Nós sofremos é por ter muitas oportunidades enquanto empresa”, concluiu.