As pessoas em algumas grandes cidades no Brasil já podem, há algum tempo, alugar bicicletas em estações fixas e devolvê-las em pontos similares após tê-las usado para se deslocar por aí. A startup Yellow resolveu dar um passo ainda mais adiante fazendo bikes que podem ser pegas e largadas em qualquer lugar (dentro de uma área definida, claro) usando um aplicativo próprio para isso.

A novidade agora é que a empresa Bird está trazendo para a América Latina – incluindo Brasil -  um sistema similar, no qual os usuários podem retirar de qualquer lugar e devolver onde quiserem, mas não bicicletas: agora é a vez dos patinetes elétricos! O México já tem data marcada para receber a novidade – serão 100 veículos em quatro bairros da capital – e o Brasil vem logo em seguida, porém, ainda sem o dia exato para o lançamento do serviço.

Dentro da lei

No que diz respeito às permissões necessárias para operar na Cidade do México, a empresa não possui uma documentação específica, mas como a cidade já possui um outro serviço similar concorrente, tudo indica que as coisas estão dentro da lei, conforme explicou um porta-voz da Bird: “A empresa opera de acordo com todas as leis e regulamentos em todas as cidades em que opera”.

A Cidade do México é o quinto centro urbano fora dos Estados Unidos no qual a Bird opera com seus patinetes motorizados. São Paulo vai ser a próxima após Paris, Bruxelas, Tel Aviv, Viena e a capital mexicana.

Cupons de desconto TecMundo: