Saber o número da placa e o modelo do carro ajuda bastante os passageiros a encontrarem suas caronas pedidas pelo Uber. Mas e quando o app não oferece uma localização exata ou há muita gente também solicitando o serviço? Para solucionar essas questões, a companhia vem liberando ferramentas para ajudar na localização, com o uso de cores e detalhes extras sobre a corrida.

O primeiro recurso é chamado de Spotlight. É comum o aceno com smartphone no ar para indicar que chamou o carro e com a novidade é possível selecionar uma cor para iluminar a tela do telefone. Isso deve facilitar ao condutor reconhecer que você — entre várias outros clientes — é quem chamou determinado veículo. É diferente de alterar a cor do carrinho no mapa, enquanto monitora a chegada em tempo real.

Essa ferramenta é parecida com o Beacon, um gadget lançado em 2016. Ele fica grudado no pára-brisa, conectado via Bluetooth, e indica o automóvel contratado durante sua chegada por meio de uma cor selecionada pelo motorista. Aliás, o Spotlight deve funcionar em conjunto com o Beacon, onde, obviamente, já está disponível.

Uber cores

Outra solução liberada pela companhia é a possibilidade de encaminhar detalhes extras de maneira mais fácil — como “estou de camisa xadrez” ou “estou encostado em tal canto” e o condutor responder rapidamente, apenas com um toque rápido no app.

Para encerrar a rodada de novidades, o serviço agora garante que é possível agendar o transporte com data e horário e garantia de que um motorista chegará a tempo — e o ressarcimento de US$ 10 em uma próxima corrida caso ele se atrase, o que não vai resolver um voo perdido, mas já é uma evolução.

Como de praxe quando essas atualizações são anunciadas, pode ser que haja algum tempo de adaptação para que elas sejam disponibilizadas em cada praça. Portanto, devem ser distribuídas para todas as regiões ao longo das próximas semanas.