Elon Musk revelou no Twitter que um protótipo do Semi, o caminhão elétrico e autônomo da Tesla, tem um modo de pilotagem chamada Mad Max. Se você não está familiarizado, “Mad Max” é uma quadrilogia cinematográfica criada por George Miller que mostra, especialmente no último filme, de 2015,  pessoas duelando em veículos pesadsos em alta velocidade em um mundo pós-apocalíptico.

Somando as duas informações, é possível imaginar que o modo Mad Max provavelmente não combina com leis de trânsito e a segurança de passageiros e outros veículos que transitam pelas ruas, mas a coisa na vida real é bem menos alucinada e arriscada do que no cinema. O recurso tem a ver com a função de limite de ponto cego dos caminhões da Tesla e deve ajudá-los na hora de mudar de pista.

Vale lembrar que esse recurso está presente no protótipo do Semi, portanto, ele pode nem chegar a ser disponibilizado para o usuário final. Também pelo Twitter, Musk comentou que a versão final do caminhão deve ter apenas controle manual para “mudanças de faixas mais intensas”, visto que veículos autônomos podem não se sair muito bem nesse contexto.

“A realidade é que será bem fácil de intimidar um carro autônomo, visto que ele sempre cederá”, escreveu o executivo ao responder um usuário sobre quais recursos realmente chegarão ao modelo final do caminhão. “[O Semi] provavelmente terá uma substituição manual que requer pressão contínua para mudanças de pista mais intensas.”