Aviões com janelas podem ficar no passado, se depender da Emirates. A companhia aérea de Dubai desenvolveu um avião que não tem mais as janelas tradicionais e as substitui por telas de alta resolução que reproduzem uma transmissão em tempo real do vídeo de câmeras apontadas para o lado de fora da aeronave.

A princípio, a ideia pode parecer não ter muito sentido, mas a companhia explica que a retirada das janelas deixa o avião mais leve e diminui as fraquezas estruturais. Com isso, as aeronaves poderiam utilizar menos combustível ou potencialmente chegar aos destinos em menos tempo.

Janelas de avião.Janelas do avião mostradas na reportagem da BBC.

Em entrevista à BBC, o presidente da companhia Tim Clark disse que as imagens reproduzidas nos testes eram tão boas que seriam até melhores que ver a paisagem a olho nu. A empresa pretende, no futuro, ter uma frota completa de aviões sem janelas.

A mudança parece não trazer nenhum impacto sério para a segurança de quem está viajando. Ela foi aprovada pela Agência Europeia para a Segurança na Aviação, que afirmou não ver nenhum empecilho que não pudesse ser resolvido para garantir um nível de segurança igual ao de aeronaves com janelas.

O maior problema parece mesmo ser fazer as pessoas aceitarem a mudança. Um especialista em aviação ouvido pela BBC explica que as aeronaves já podem ser um ambiente muito claustrofóbico, o que só tende a piorar caso eles não tenham mais janelas. Por enquanto, a novidade só estará disponível na primeira classe de um Boeing 777-300ER da Emirates.