Vemos todos os anos, em feiras nacionais e internacionais de automóveis, o lançamento de carros que possam atender às nossas necessidades atuais. Enquanto isso, sabemos que designers e engenheiros têm olhado um pouco mais adiante, em busca de soluções que estejam alinhadas com as exigências das próximas gerações.

GoCompare — empresa de comparação de seguros automotivos do Reino Unido  resolveu fazer isso, mas de um jeito mais interessante: perguntando para futuros usuários como eles imaginariam esses veículos em algumas décadas. Para isso, a companhia pediu que um grupo de crianças com a média de 11 anos, de uma escola de Londres, expressasse sua opinião por meio de desenhos.

 

O desafio era que elas produzissem a ilustração do projeto com foco em alguma energia alternativa e sustentável. Isso porque o governo britânico pretende proibir o uso de combustível fóssil em todos os veículos até 2040. Posteriormente, a GoCompare recolheu esses desenhos e os levou até um ilustrador para dar vida às obras.

O resultado disso é algo muito criativo, que ultrapassa barreiras de um jeito que só crianças conseguem. Segundo o representante da companhia, Andrew Campion, o que se obteve foram designs fofos e baseados em robótica. Mas também com conceitos ecofriendly e outros adicionais.

Andrew ainda ressalta que, em termos de energia alternativa, elas apresentaram ideias surpreendentes, que vão desde hidroeletricidade e energia solar a chocolate.

Os carros do futuro das crianças de 11 anos contemplam também outros elementos fantásticos, como: asas, formatos de animais, disparo de lasers e robôs. Por outro lado, algumas delas incluíram inovações importantes, pensando em baterias mais duráveis e veículos autônomos. Dessa forma, seus passageiros não teriam que se preocupar com a estrada e poderiam dormir à vontade durante qualquer trajeto.

É fato que esses jovens conseguiram conceber projetos desconsiderando conceitos da Física. Mas o interessante disso é que ainda assim estão  com certas exceções  perto da realidade. Afinal de contas, muitos designers têm desenvolvido trabalhos com base em algumas dessas concepções. 

Quem acompanha noticiários sobre o tema já deve ter visto diversas reportagens sobre carros que dirigem sozinhos em um futuro nem um pouco distante. O mesmo acontece com outras formas de energia para o seu funcionamento, como é o caso dos automóveis elétricos.

Algumas ilustrações interessantes merecem destaque. A estudante Harnitha, por exemplo, criou o Beast Racer 210, um veículo em formato de dragão, que voa, brilha no escuro, é à prova de calor e tem janelas flexíveis.

Já Kyre apresentou seu Hennessey K-cell GT, um veículo elétrico com rodas dobráveis que o permitem voar. Por outro lado, Charlotte planejou seu Rainbow Convertible 3000 com múltiplas funções, de modo que ele funcionaria como uma casa e, ao mesmo tempo, meio de transporte.

 

Não importa qual dessas opções esteja mais próxima dos carros do futuro. O certo é que, de alguma forma, elas também lançam novas possibilidades de soluções para as demandas das próximas gerações.

O que você achou desses veículos do futuro?