Mesmo quem não tem medo de voar de avião (diferentemente de alguns colegas aqui da redação) já pensou na possibilidade de um acidente horrível: a aeronave “atropelar” um pássaro em pleno ar. Isso foi exatamente o que ocorreu com o voo 1498 da American Airlines na última terça-feira (14). Felizmente, ninguém se machucou – não os humanos, pelo menos.

De acordo com a ABC, o Airbus A319 acabou atingindo o que parece ser um urubu gigantesco e criou uma cena surreal. Afinal, o impacto não só foi o suficiente para despedaçar ou matar o animal, como também fez com que ele quebrasse parte do nariz do veículo e ficasse preso na fuselagem.

O avião voou por mais 25 minutos com a ave até conseguir pousar no Aeroporto Internacional de Miami. Claro que não demorou para que funcionários e passageiros registrassem a situação inusitada, rendendo vídeos como o que você pode conferir abaixo. A aeronave precisou ser substituída por outra enquanto foi levada para reparos.

Vale notar que esse tipo de acidente não é exatamente incomum. Entre os anos de 1990 e 2015, por exemplo, a agência de aviação dos EUA estima que tenham acontecido pelo menos 160 mil casos assim. Ou seja, se você passeia muito por lá de avião, as chances são de que o seu transporte já tenha abatido uma ave ou outra pelo caminho. Tenso.