Quarta-feira foi um dia importantíssimo para a cidade de Las Vegas: o pequeno shuttle autônomo e elétrico entrou em ação pela primeira vez. Só teve um pequeno problema: duas horas depois de começar seu trabalho, ele sofreu um acidente – que, como é de se imaginar, foi causado por um humano.

O pequeno vagãozinho pode levar até oito passageiros junto ao tráfego normal por um trajeto de 800 metros na região do “Innovation District”, mas sua estreia foi interrompida por uma colisão com um caminhão que não freou enquanto dava a ré – o que, evidentemente, foi categorizado como erro humano pela American Automobile Association (AAA).

“O caminhão, que estava fazendo uma entrega, deu a ré no shuttle, que já havia parado”, explicou Mike Blasky, porta-voz da associação. “Erro humano é a causa da maior parte das colisões no tráfego e dessa vez não foi diferente. Motorista do caminhão foi citado. Ninguém ficou ferido, exceto o para-choque!”

O incidente acabou encerrando prematuramente o dia do pequenino veículo autônomo, mas o teste vai seguir firme e forte pelos próximos 12 meses, período em que o shuttle deve transportar até 250 mil pessoas.

No fim do dia, essa é mais uma prova que a gente precisa desesperadamente da direção autônoma nos grandes centros urbanos.