A febre dos carros elétricos chegou para ficar e mais uma empresa vai entrar nessa onda e – pelo menos tentar – colocar no mercado um veículo movido a energia limpa. Trata-se da Dyson, uma companhia britânica mais famosa por seus eletrodomésticos, como aspiradores, ventiladores e coisas afins. Apesar da falta de expertise, a empresa já investiu algo em torno de US$ 2 bilhões, ou R$ 6,36 bilhões, nessa empreitada e já mobilizou cerca de 400 funcionários.

O desenvolvimento de um veículo movido a bateria está sendo feito em Malmesbury, Wiltshire, no Reino Unido, onde fica a matriz da Dyson. O perfil oficial da empresa no Twitter publicou uma nota do próprio fundador da empresa – James Dyson – com um histórico sobre as ideias do inventor e o motivo para ele querer desenvolver um carro elétrico.

Novidade na produção

Ainda se sabe muito pouco sobre como vai ser desenvolvido esse veículo, visto que o processo ainda está em uma fase que podemos chamar de “pré-produção”. A Dyson tem um histórico de inovação e desenvolvimento de produtos de vanguarda, como o primeiro aspirador sem filtro em forma de saco, ainda nos anos 1990.

Porém, devemos lembrar que a companhia vai certamente ter as mesmas – se não ainda mais – dificuldades que as gigantes da tecnologia ou as tradicionais montadoras para colocar seu carro elétrico nas ruas. Apenas o tempo vai mostrar se a Dyson vai ser bem-sucedida nessa arriscada jornada.