Todas as montadoras do mundo estão se preparando de alguma forma para um futuro que, ao que tudo indica, será elétrico (e possivelmente autônomo). A Hyundai, portanto, anunciou que tem três modelos planejados para os próximos cinco anos como parte do seu “plano de eco-desenvolvimento”.

A intenção da empresa é expandir seu portfólio para ir além do Ioniq, o único modelo atual da Hyundai que tem variações elétricas, para criar uma linha com carros elétricos de todos os tamanhos: desde compactos até veículos de luxo.

Até 2022, serão três modelos: um híbrido, um equipado com célula de combustível e outro 100% elétrico, que será uma versão do crossover Kona e já deve ser lançado no primeiro semestre de 2018.

Os planos incluem também um veículo com autonomia maior, de pelo menos 500 quilômetros, que deverá chegar ao mercado depois de 2021, assim como um modelo da divisão de luxo da montadora sul-coreana, a Genesis.

A Hyundai quer testar seu potencial de penetração em diferentes segmentos de veículos movidos a combustíveis alternativos antes de virar a chave de forma definitiva.