Um dos grandes problemas que a política de não revelar o destino dos passageiros do Uber antes do motorista aceitar a corrida é que isso pode acabar rendendo algumas situações meio desagradáveis, como viagens extremamente longas e que acabavam não compensando pelo sistema de divisão de valores entre o motorista e a empresa.

Agora, a plataforma quer evitar esse tipo de problema para os motoristas e está testando uma função que vai alertá-los sobre possíveis corridas que superem 1 hora de duração antes que eles aceitem.

A mensagem já vem sendo exibida para alguns motoristas nos Estados Unidos: “Longa: essa viagem possivelmente levará 60+ minutos”. Os testes foram confirmados pelo site Quartz e por um porta-voz da Uber. O que não fica claro é se rejeitar as viagens mais longas vai prejudicar ou não o índice de aceitação de corridas do motorista.

A empresa diz que viagens longas assim são “excepcionalmente raras” e que os parceiros sabem o custo da viagem com antecedência e que os pagamentos são feitos com total transparência – embora alguns motoristas julguem que o problema é a divisão.

De qualquer forma, a Uber também pede que o passageiro alerte o motorista se você está planejando uma corrida muito longa – que poderá ser cancelada caso ela ultrapasse quatro horas.