Quando se fala em Japão, algumas das primeiras coisas que vêm à mente são inovações tecnológicas e invenções completamente malucas. Uma nova solução de mobilidade para aeroportos criada por uma companhia japonesa parece unir exatamente esses dois itens.

Afinal, trata-se de uma cadeira de rodas autônoma que deve facilitar – e muito – a vida de deficientes nos terminais aéreos do país. Desenvolvido pela Panasonic em parceria com a Whill Inc., o equipamento se integra a um aplicativo para celulares e permite ao usuário se locomover de forma mais eficiente e segura pelo local.

Para se destacar de outros projetos similares, a Wheel Next – que já está sendo testada no Aeroporto Internacional de Tóquio – oferece um trio de novas tecnologias. A primeira delas, claro, é a capacidade de o equipamento guiar o passageiro automaticamente para determinados pontos do edifício. É possível, por exemplo, indicar as lojas que você quer visitar ou informar seu portão de embarque para que o próprio sistema se encarregue do trajeto.

Outro ponto interessante é que, caso o usuário queira tomar controle do veículo elétrico, um mecanismo avançado de frenagem fica atento para brecar o brinquedinho se ele detectar algum obstáculo ou uma pessoa no caminho. Por último, a cadeira de rodas tecnológica consegue se acoplar a outras do mesmo tipo para formar uma espécie de trem capaz de levar diversos clientes para o mesmo destino simultaneamente.

A ideia é que o período de testes da Wheel Next se estenda até o início de 2018 e que toda a empreitada esteja pronta até 2020, pronta para as Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio.