(Fonte da imagem: Reprodução / MIT)

O olho humano tende a ignorar pequenos detalhes que se tornam comuns a ele. Um belo exemplo disso é fato de que, sem ninguém falar nada, não tomamos conhecimento da localização do nosso próprio nariz. Os olhos registram a imagem, mas o cérebro ignora. Isso acontece de maneira parecida com os detalhes. Eles são registrados, mas passam despercebidos.

Agora, existe um processo de filmagem que realça detalhes que normalmente não veríamos, resultando em imagens que chegam próximo a uma espécie de raio X. Tudo graças a pesquisadores do MIT, que criaram o Eulerian Video Magnification.

O EVM é uma forma de captura que separa cada frame de um vídeo, aplica decomposição espacial e, então, realiza filtragem temporal. Para finalizar, cores são aplicadas no vídeo para, assim, deixar mais claros alguns detalhes, como a ruborização de um rosto, causada pela circulação de sangue. Melhor que falar sobre o EVM é mostrar o resultado dele.

Como exibidono vídeo, a técnica pode ser usada para fins médicos (ao mostrar a respiração de um bebê), assim como monitoramento de segurança.

Fonte: MIT

Cupons de desconto TecMundo: