Uma das características imediatamente reconhecíveis do vidro é a maneira como ele reflete a luz. Entretanto, uma nova descoberta de pesquisadores do MIT pode mudar completamente essa historia e, quem sabe, representar um avanço para a indústria de smartphones.

Os cientistas do Massachusetts Institute of Technology descobriram como criar superfícies de textura em vidros em os deixam praticamente sem reflexos. Além disso, as nanotexturas de superfície têm características cônicas, o que resulta em um material autolimpante e resistente a embaçamentos.

A tecnologia foi descrita em um artigo publicado na revista científica ACS Nano e é assinada pelos estudantes Kyoo-Chul Park e Hyungryul Choi, sob a chancela dos professores Chih-Hao Chang, Gareth McKinley, Robert Cohen e George Barbastathis.

A técnica foi testada também em painéis fotovoltaicos. Os modelos existentes na atualidade podem perder até 40% de sua eficiência em decorrência de fatores como poeira e sujeira acumulada. Os painéis construídos com a nova tecnologia prometem ser mais eficientes nesse quesito, além de poder transmitir mais luz a partir de sua superfície.

Outras aplicações podem incluir os dispositivos ópticos, como microscópios e câmeras para serem utilizadas em ambientes úmidos. Em telas sensíveis ao toque, o novo vidro não só eliminaria os reflexos como também poderia ser resistente à contaminação pelo suor.

Mais testes ainda serão necessários para determinar como as superfícies nanotexturizadas se comportam ao longo do tempo em aplicações práticas. A pesquisa foi financiada pelo Instituto de Pesquisas do Exército e conta com o apoio do Escritório da Força Aérea de Investigação Científica e da Fundação Singapura de Pesquisa Nacional.

Fonte: MIT

Cupons de desconto TecMundo: