O Mundo Depois de Nós tem grande segredo que você pode não ter visto! Entenda

Imagem de: O Mundo Depois de Nós tem grande segredo que você pode não ter visto! Entenda
Imagem: Netflix
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.

Presente no famoso Top 10 da Netflix desde seu lançamento na última sexta-feira (8), o filme O Mundo Depois de Nós (Leave the World Behind, no original) possui detalhes curiosos em sua concepção artística. Contando com a direção de Sam Esmail, também responsável pela série Mr. Robot, o longa-metragem é baseado no livro homônimo do escritor norte-americano Rumaan Alam.

Recheado de referências tecnológicas, o filme também possui um easter egg escondido que pode ter passado despercebido por alguns espectadores. Conforme a trama recheada de suspense e mistérios de tirar o fôlego avança, as pinturas presentes no cenário também se modificam, criando uma atmosfera repleta de dinamismo e tensão para o público.

Logo abaixo, confira mais informações a respeito disso. Cuidado com os spoilers e aproveite!

O Mundo Depois de Nós: o que o cenário pode nos dizer sobre o filme?

Na trama, Amanda (interpretada por Julia Roberts) e seu marido, Clay (Ethan Hawke), decidem passar as férias em Long Island, região de Nova York, em uma casa alugada. Junto das crianças, Rose (Farrah Mackenzie) e Archie (Charles Evans), a família é surpreendida com a chegada do proprietário da residência, GH (Mahershala Ali), e sua filha, Ruth (Myha'la), após um blecaute.

Com a falta da internet, os personagens precisam aprender a lidar com o “novo normal”, visto que a sociedade parece ter sido atacada e todos os aparatos tecnológicos apresentam algum tipo de problema. Desse modo, muitas questões são discutidas em cena, incluindo as diferenças sociais e raciais dos personagens.

Nesse contexto, o cenário da produção, a partir das pinturas expostas na casa que funciona como o centro do filme, também ajudam o público a compreender mais detalhes da história. No início, há destaque para uma reprodução de uma obra de Glenn Ligon, artista conceitual de Nova York, que explora temas como solidão, raças, etnias, identidade e sexualidade.

Mas, conforme a trama avança, essa pintura é substituída por uma outra. Enquanto os personagens conversam sobre estarem na mira de um ataque cibernético, a direção de arte trabalha com uma obra, ao fundo, que trata de imagens caóticas e até discordantes.

Pintura da sala principal é substituída duas vezes na produção da Netflix. (Netflix/Reprodução)Pintura da sala principal é substituída duas vezes na produção da Netflix. (Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Em cena, há as personagens de Roberts e Myha'la, que não conseguem se entender durante todo o filme, levando em consideração todas as suas divergências e vivências.

Próximo do final do filme, a pintura da sala está diferente mais uma vez. Enquanto GH, Amanda, Ruth e Archie estão na sala preocupados com a queda de dentes desse último, é possível visualizar uma nova imagem decorativa. De forma sutil, a obra traz texturas contrastantes e que parecem não se completar.

De acordo com Racquel Chevremont, que trabalhou com a curadoria das obras de arte vistas no filme, a intenção era evocar uma resposta emocional dos personagens diretamente para o público sem que fosse necessário colocar tudo em palavras por meio dos diálogos. “Não queríamos algo que fosse óbvio”, refletiu ela.

O Mundo Depois de Nós: outras cenas também revelam intenções ocultas

Apesar da sala da casa ser crucial para diversas sequências da narrativa, outros cenários também ganharam toques especiais da direção de arte, com pinturas que também traduzem sentimentos em imagem. No quarto em que Amanda e Clay dormem, por exemplo, na cabeceira da cama há um papel de parede que reflete as ondas do mar.

Além disso, a imagem também traz a calmaria de parte do céu. O que mostra a despreocupação dos personagens durante suas férias. Mais à frente, quando a personagem de Roberts recebe notificações em seu telefone sobre o ataque que o mundo vem sofrendo, as ondas do mar já estão acima da cama.

Cena em que Amanda começa a receber notificações sobre o ataque cibernético. (Netflix/Reprodução)Cena em que Amanda começa a receber notificações sobre o ataque cibernético. (Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

E quando os primeiros dentes de Archie começam a cair, ele pede ajuda à mãe. No quarto, as ondas estão quase no teto. Pode ser que ninguém tenha reparado nisso, mas esses detalhes fazem a diferença para a construção imagética do filme, mostrando que a equipe pensou em cada detalhe do longa-metragem.

E aí, o que achou desta curiosidade sobre o filme O Mundo Depois de Nós? A produção pode ser assistida via streaming na Netflix.

-

Livro O Mundo Depois de Nós, Rumaan Alam

18% off
Imagem: Livro O Mundo Depois de Nós, Rumaan Alam
Imagem: Tecmundo Recomenda

Livro O Mundo Depois de Nós, Rumaan Alam

Com a expectativa de curtir uma semana de férias, Amanda e Clay alugam uma casa em Long Island. Tudo o que eles querem é um descanso da vida agitada de Nova York. No entanto, uma batida na porta tarde da noite traz uma mudança inesperada.

R$ 49,90

Fontes

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.