Arquivo 81: produtor comenta 1ª temporada e indica novidades; veja!

Imagem de: Arquivo 81: produtor comenta 1ª temporada e indica novidades; veja!
Imagem: Netflix

Em entrevista para o TV Insider, a showrunner de Arquivo 81, Rebecca Sonnenshine, comentou sobre a criação da série de terror semiantológico e deu informações importantes sobre seu futuro, sugerindo histórias a serem abordadas em uma possível segunda temporada.

Lançado na última sexta-feira (14), o seriado de terror e mistério da Netflix vem chamando a atenção dos espectadores, adaptando em formato episódico o popular podcast homônimo criado por Marc Sollinger e Daniel Powell.

Com oito capítulos disponíveis e várias subtramas envolvendo todo tipo de bizarrice no universo do horror visual e sugestivo, a produção se destaca por apresentar inúmeras referências a clássicos do cinema, e os fãs mal podem aguardar para acompanhar novas histórias arrepiantes.

Segundo Rebecca Sonnenshine, que já participou da linha de frente em projetos como The Boys, The Vampire Diaries, Within e Jovens Malditos, Arquivo 81 foi o material mais desafiador de sua carreira.

Focado na estrutura de "Ponto de Vista", a série contou com "muitas revisões na estrutura", constantes rearranjos de filmagens e uma densidade narrativa que se destacasse pelo mistério, forçando o público a se manter interessado com o fim de cada episódio.

Além disso, a ideia de apresentar temas que exijam reflexão e que aproximem os personagens dos espectadores — questões envolvendo traumas e saúde mental — foram decisivos para estabelecer "uma conexão profunda", revelando coprotagonistas que divergem na forma que projetam seus sentimentos ao mundo, de acordo com os eventos sinistros que ocorrem ao seu redor.

Kaelego e o mofo

Potenciais antagonistas de Arquivo 81, Kaelego e o mofo brilhante foram criados para dar novos ares à produção, trazendo uma experiência psicotrópica capaz de estimular os sentidos visuais e sensoriais.

Enquanto o mofo é um fenômeno ligado a lugares em particular e que sugere a existência de algo mais orgânico, o monstro de Kaelego se inspira em Hannibal Lecter para adaptar um ser com qualidades de realeza, indicando a aparição de uma criatura assustadora e equiparada a um ser superior.

"Em um nível pessoal para os personagens, ambos estiveram nessa busca para descobrir quem eles realmente são e quem realmente eram seus pais. Eles descobrem, mas o que você faz com isso? Esta é a configuração emocional para mais uma temporada. Ter as respostas vem com coisas boas e ruins. As consequências disso são algo para explorar. Além disso, como Dan volta ao tempo em que deveria estar? Tudo o que mencionamos e pensamos: 'Isso é uma pista?' Sim. Qualquer coisa que você possa perguntar se é um easter egg — é sim", conclui Sonnenshine.