Grey’s Anatomy: confira todas as polêmicas dos bastidores da série

Imagem de: Grey’s Anatomy: confira todas as polêmicas dos bastidores da série
Imagem: Divulgação/ABC

Entrando em seu 19º ano no ar, o set de gravações de Grey's Anatomy é repleto de história. E com isso, já era de se esperar que os corredores do hospital mais famoso da TV tenha sido cenário de muitas desavenças não só nas telinhas, mas também entre membros do elenco e da equipe.

Ao longo dos anos, vários atores e atrizes do elenco vieram a público para revelar o drama vivido por eles nos bastidores da série. Confira os casos mais notórios!

Isaiah Washington: homofobia e briga com Patrick Dempsey

O ator Isaiah Washington deu vida ao Dr. Preston Burke nas três primeiras temporadas da série, até que foi demitido da produção em 2007. A demissão veio após Washington ter usado uma termo homofóbico para se referir ao colega de elenco T.R Knight, que interpretava George. Na época, Knight não tinha assumido sua sexualidade em público.

Isaiah também se envolveu em brigas com Patrick Dempsey. Segundo a protagonista da série, Ellen Pompeo, Isaiah estava próximo de conseguir o papel de Derek, seu par romântico na trama, mas logo perdeu para Dempsey.

Os dois chegaram até mesmo a se agredir fisicamente. Segundo o ex-roteirista Mark Wilding, em seu livro How To Save A Life: The Inside Story Of Grey’s Anatomy, a discussão começou quando um deles chegou atrasado no set. “Acho que um dos dois tinha chegado atrasado no set um dia e o outro quis dar o troco atrasando no dia seguinte. Então, a coisa meio que fugiu ao controle. Eles começaram a discutir e, antes que você pudesse notar, eles já estavam em um confronto físico”, disse.

Relatos do livro apontam que Isaiah foi para cima do Patrick e disse: “você não pode falar comigo como fala com aquela ****** do T.R.”.

Foto: Divulgação/ABCFoto: Divulgação/ABC

Nos últimos anos, Isaiah voltou a falar sobre o assunto, criticando Pompeo e o intérprete de Derek. “Eu só tive cerca de 7 cenas com Ellen Pompeo nos 3 anos em que estive na série. Executivos disseram a Shonda Rhimes para limitar minhas cenas com ela, porque eu havia revelado todo o seu talento medíocre”, disse em um tuíte.

Em 2020, também citou a atriz Katherine Heigl (Izzie), que abertamente se posicionou a favor da demissão de Washington na época.

"Essa mulher uma vez proclamou que eu 'nunca' deveria ter permissão para falar publicamente novamente. O mundo concordou com sua proclamação na época e protestou por meu trabalho e minha cabeça em 65 idiomas. Queria estar no Twitter em 2007, porque NUNCA vou deixar de exercer minha liberdade de expressão".

Denzel Washington X Ellen Pompeo

As gravações do episódio The Sound of Silence (nono da 12ª temporada), dirigido pelo ator Denzel Washington, foi cenário de novas polêmicas. Dessa vez, a briga envolveu o diretor e a protagonista Ellen Pompeo, após a atriz improvisar falas em uma cena chave.

Washington não gostou da alteração e, segundo a atriz, 'enlouqueceu' no set. A reação do diretor fez Pompeo responder de forma agressiva: “Eu fiquei tipo, 'Escuta, filho da p*ta, este é o meu show. Este é o meu set. Com quem você está falando?'", disse a atriz durante um capítulo do podcast Tell Me With Ellen Pompeo.

Mesmo com a discussão, os dois atores afirmam que as filmagens seguiram sem grandes problemas. No início deste mês, inclusive, o ator disse que "está tudo bem" entre os dois.

Katherine Heigl ingrata?

As tretas envolvendo Heigl são, provavelmente, as mais famosas entre os fãs, já que a atriz tornou público todo o conflito com os escritores. Tudo começou quando Heigl ganhou um Emmy de Melhor Atriz Coadjuvante em Série Dramática por seu papel em Grey's Anatomy, em 2007.

Em 2008, no entanto, um comunicado oficial em que ela pedia que fosse desconsiderada na premiação pegou todos de surpresa. “Sinto que o material [roteiro] que utilizei nessa temporada não é suficiente para garantir uma indicação ao Emmy. Não quero tirar a oportunidade de outras atrizes com materiais melhores”, explicou a atriz.

AP Photo/Reed SaxonFoto: AP Photo/Reed Saxon

Em 2009, Heigl criticou a dinâmica de filmagens da série. "Nosso primeiro dia de filmagem foi na quarta-feira e foi — vou continuar dizendo isso porque espero que os envergonhe — um dia de 17 horas, o que eu acho cruel e mesquinho", disse em entrevista. Após as polêmicas, a atriz deixou a série na sexta temporada.

Pagamento de US$ 5 milhões

Mais uma polêmica envolvendo Isaiah Washington. Em entrevista para a rádio KBLA 1580 em outubro do ano passado, o ator contou que Ellen Pompeo teria recebido US$ 5 milhões para não expor comportamentos tóxicos de Patrick Dempsey no set de gravações.

Segundo ele, sua demissão aconteceu apenas para "abafar" os comportamentos do ator principal. "Era uma agenda para encobrir o comportamento tóxico e péssimo de muitos dos meus ex-colegas de elenco naquele programa... E no topo disso estava Patrick Dempsey."

Divulgação/ABCDivulgação/ABC

Contrato de Ellen Pompeo

Em 2018, o salário da intérprete de Meredith veio a público e fez alguns queixos caírem: US$ 550 mil por episódio. Em entrevista ao The Hollywood Reporter, no entanto, a atriz contou como foi a saga para conseguir um salário igual ou maior ao do colega Patrick Dempsey. Segundo ela, a saída do ator foi fundamental para o desenrolar das negociações.

Isso porque Dempsey era usado como "trunfo" pelos produtores. "'Nós não precisamos de você, temos Patrick' - eles fizeram isso por anos (...) Chegou a um ponto em que eu pedi US$ 5 mil a mais que ele, só por princípio, porque o programa é 'Grey's Anatomy' e eu sou a Meredith Grey. Mas eles não me davam. Muitas vezes eu procurei [Patrick] para negociarmos juntos, mas ele nunca se interessou", disse.

Qual das tretas de Grey's Anatomy você ainda não sabia? Conta pra nós nos comentários!