Ellen Pompeo teria recebido US$ 5 mi para não 'dedurar' Patrick Dempsey

Imagem de: Ellen Pompeo teria recebido US$ 5 mi para não 'dedurar' Patrick Dempsey
Imagem: Reprodução/ABC

O ator Isaiah Washington, que interpretou o médico Dr. Burke em Grey's Anatomy, foi demitido do elenco há 14 anos, mas a sua saída foi recheada de polêmicas. Após inúmeras temporadas, ele segue dando declarações ácidas sobre sua época na série.

Agora, em entrevista para a rádio KBLA 1580, Isaiah contou que a atriz Ellen Pompeo teria recebido US$ 5 milhões (R$ 27,6 milhões, na cotação atual) para não expor comportamentos tóxicos de Patrick Dempsey no set de gravações. O ator interpretava Derek, seu par romântico.

Segundo ele, o pagamento "às escondidas" ocorreu durante o auge do movimento #MeToo, em que vários famosos denunciaram casos de assédio sexual e abusos dentros dos sets.

Isaiah, demitido após as acusações de homofobia contra o colega de elenco R. Knight, diz que sua saída foi apenas para abafar os comportamentos de Dempsey e  manter as aparências do casal principal. "Era uma agenda para encobrir o comportamento tóxico e péssimo de muitos dos meus ex-colegas de elenco naquele programa... E no topo disso estava Patrick Dempsey."

Divulgação/ABCDivulgação/ABC

Confusões nas gravações

Isaiah aproveitou para relembrar outros casos envolvendo o ator. Segundo ele, ninguém da produção queria Dempsey na série e o elenco o apelidou de 'Capitão Veneno'. Isaiah também afirma que sofreu comentários racistas vindos do colega de elenco.

"Ele até gostou de mim, mas assim que conversamos ele falou: 'Isaiah, você sabia que os homens brancos são os mestres do universo?' E eu respondi: 'Você realmente acredita nisso?' Aí, ele assentiu: 'Com certeza'", disse.

Instagram/ReproduçãoInstagram/Reprodução

A rivalidade entre os dois seria por questões financeiras. "Eu era a pessoa mais bem paga, ao lado de Patrick Dempsey. Aparentemente, a informação vazou e ficou muito ressentimento. Eu entendo, mas foi baseado em minhas funções e meu currículo. Eu não posso evitar isso", disse.

Fontes