11 curiosidades de 'A Viagem de Chihiro' que você precisa saber

Imagem de: 11 curiosidades de 'A Viagem de Chihiro' que você precisa saber
Imagem: Toho

A Viagem de Chihiro é uma animação do famoso Studio Ghibli. Lançado em 2001 no Japão, o filme foi amplamente aclamado por críticos e telespectadores, fazendo que a produção conquistasse uma série de prêmios importantes na indústria cinematográfica, como o Urso de Ouro e o Oscar de Melhor Animação em 2003.

No entanto, apesar do grande reconhecimento, muitas pessoas desconhecem alguns detalhes que envolveram essa grande história. Por isso, elaboramos uma lista com 11 curiosidades sobre A Viagem de Chihiro para você ficar ainda mais por dentro desse filme incrível! Confira abaixo!

1. Inspirado na filha de amigos

(Toho/Reprodução)(Toho/Reprodução)Fonte:  Toho 

Após o lançamento da animação, Miyazaki disse, em uma das diversas entrevistas que concedeu, que Chihiro foi inspirado na filha de um casal de amigos que tinha o costume de passar as férias em conjunto. Ao observá-la, ele começou a tecer a história em que uma menina de 10 anos pudesse inspirar outras pessoas em suas caminhadas.

2. Roteiro guiado por sentimentos

(Toho/Reprodução)(Toho/Reprodução)Fonte:  Toho 

Outra curiosidade sobre a produção de A Viagem de Chihiro, citada por Miyazaki, foi em relação ao roteiro. O cineasta contou que não tinha um roteiro pronto quando começou a criação do filme e que deixou os seus sentimentos fluírem para a direção que a trama seguiu.

3. Produção abriu portas para o Japão

(Toho/Reprodução)(Toho/Reprodução)Fonte:  Toho 

Quando a animação de Miyazaki conquistou uma série de prêmios internacionais, como o Oscar em 2003, as produções japonesas começaram a receber uma maior atenção do público e dos críticos internacionais. Isso fez que outros autores também tivessem sucesso em seus trabalhos, os quais antes ficavam restritos a apenas alguns lugares.

4. Filme aborda autoconhecimento

(Toho/Reprodução)(Toho/Reprodução)Fonte:  Toho 

A Viagem de Chihiro envolve diversas questões, me uma grande delas é o autoconhecimento. Todas as vezes que Chihiro é colocada em teste, ela precisa amadurecer e lembrar ainda mais quem ela é.

Durante todo o anime, é possível ver como a personagem cresceu e conquistou segurança sobre si mesma. Por ser uma obra muito íntima do autor, esse processo de transição para a fase adulta pode indicar como ele lidou com essas questões em algum momento de sua vida.

5. Retomada da carreira do autor

(NHK/Reprodução)(NHK/Reprodução)Fonte:  NHK 

A animação também marcou um grande momento na carreira de Miyazaki, uma vez que ele tinha anunciado que não desenvolveria mais nenhum tipo de trabalho cinematográfico. No entanto, o retorno do cineasta alavancou não somente sua carreira, mas todo o audiovisual japonês.

6. Miyazaki não compareceu ao Oscar

(NHK/Reprodução)(NHK/Reprodução)Fonte:  NHK 

Apesar do seu filme ter levado para a casa o prêmio de Melhor Animação em 2003, Miyazaki não compareceu na maior premiação de cinema do mundo. A atitude do cineasta foi considerada uma forma de protesto contra a guerra entre o Iraque e os Estados Unidos, que acontecia na época. No entanto, em 2014, o cineasta recebeu um prêmio honorário pela vitória e pegou sua estatueta 10 anos atrasado, durante a edição daquele ano.

7. Sucesso do cinema japonês

(Toho/Reprodução)(Toho/Reprodução)Fonte:  Toho 

A Viagem de Chihiro teve um impacto tão grande nas bilheterias japonesas que ultrapassou o recorde de Titanic como o filme mais visto nas salas de cinema do país asiático. A produção arrecadou aproximadamente 400 milhões de dólares no mundo todo, sendo 200 milhões deles apenas no Japão.

8. Apresenta elementos da mitologia japonesa

(Toho/Reprodução)(Toho/Reprodução)Fonte:  Toho 

Para a construção da obra, os produtores do anime também usaram a mitologia japonesa, como o kaonashi ("sem rosto", em tradução livre) que surge como a representação de um demônio que precisava ser cortejado e bem tratado no local de trabalho onde Chihiro é obrigada a ficar.

9. A importância do vazio

(Toho/Reprodução)(Toho/Reprodução)Fonte:  Toho 

Miyazaki é conhecido por colocar em seus filmes momentos de contemplação. Em A viagem de Chihiro, há diversas cenas que não acontecem nada para avançar a história, mas que são momentos muito significativos em termos narrativos. Esse conceito foi chamado de Ma e está presente em diversas obras do cineasta.

10. Abordagem ambientalista

(Toho/Reprodução)(Toho/Reprodução)Fonte:  Toho 

Em diversos momentos, A Viagem de Chihiro tem uma abordagem ambientalista que traz à tona os próprios valores do autor ligado a uma causa. Umas das cenas mais famosas é em relação ao rio poluído, quando Chihiro precisa limpá-lo para retirar uma bicicleta de dentro dele.

11. Foi distribuído mundialmente pela Disney

(Toho/Reprodução)(Toho/Reprodução)Fonte:  Toho 

Assim como outras obras do Studio Ghibli, A Viagem de Chihiro foi distribuída mundialmente pela The Walt Disney Company, o que facilitou a chegada da produção a outras nações. Atualmente, para aqueles que desejam assistir ao filme pela primeira vez ou até mesmo revê-lo, a obra está disponível na Netflix.

Gostou da matéria? Então, fique ligado para não perder nenhuma novidade aqui no TecMundo!