DOTA: Dragon’s Blood – entenda o universo do anime da Netflix

Imagem de: DOTA: Dragon’s Blood – entenda o universo do anime da Netflix
Imagem: Netflix/Divulgação

O anime DOTA: Dragon’s Blood já está disponível na Netflix! A produção foi disponibilizada nessa quinta-feira (25) e é baseada no universo criado no jogo de videogame DOTA 2. O anime acompanha Davion, um Cavaleiro do Dragão cujo objetivo é livrar o mundo das forças do mal. A 1ª temporada conta com 8 episódios de cerca de 25 minutos cada.

Na trama, Davion encontra a Princesa Mirana e um antigo dragão. Com isso, ele se envolve em eventos maiores do que imaginava. Por tratar-se de um universo mitológico, muitos espectadores ficaram curiosos com o mundo mágico criado tanto na série quanto nos jogos de videogame.

DOTA: Dragon’s Blood – entenda o universo do anime da Netflix

O mundo de DOTA 2 está situado em uma cronologia que surgiu antes da concepção do tempo. Por isso, nem sempre é fácil entender o universo mágico. Embora a série acompanhe a trajetória de Davion, sua jornada remete ao arco conhecido como "A Batalha dos Anciãos". A entidade envolvida é conhecida como "The Primordial Mind" (ou A mente Primitiva).

Esse ser é dividido em duas partes: Radiant e Dire. Com isso, eles travam uma guerra eterna que dá origem à toda a Criação do Mundo. Porém, um terceiro fragmento, conhecido como Zet, também foi criado para balancear a energia dos cosmos. Por ser um ser poderoso, ele consegue sobrepor a energia de seus dois irmãos, trazendo a paz de volta ao universo.

Radiant e Dire ficam presos em uma cela eterna, a "Mad Moon". Quando os dois conseguem escapar, os eventos de DOTA: Dragon’s Blood começam.

O anime baseado nos jogos de videogame é repleto de seres míticos e batalhas épicas. Por isso, vale a pena conferir!

Você já assistiu ao seriado? Deixe sua opinião sobre a novidade da Netflix e aproveite para compartilhar o artigo nas redes sociais!

DOTA: Dragon’s Blood – entenda o universo do anime da Netflix