Séries da franquia Chicago têm retornos adiados devido a protestos nos EUA

Imagem de: Séries da franquia Chicago têm retornos adiados devido a protestos nos EUA
Imagem: (Fonte: The Washington Post/Reprodução)

Os fãs das séries Chicago Med, Chicago Fire e Chicago PD terão que esperar mais um pouco para poderem conferir as novas temporadas dos shows. A NBC adiou o retorno dos programas, que tinham suas reestreias agendadas para ontem, quarta-feira (6).

O adiamento se deve aos protestos pró-Trump que aconteceram ontem, quando um grupo de apoiadores do atual presidente invadiu o Capitólio nos Estados Unidos durante a sessão de contagem dos votos do Colégio Eleitoral, que nomearia o eleito Joe Biden como o novo presidente do país.

Com isso, a NBC passou a transmitir todas as notícias em tempo real sobre o acontecimento, deixando de exibir as séries do One Chicago, que estavam programadas para retornar do hiato de final de ano.

A NBC ainda não divulgou uma data para o retorno das temporadas de Chicago Med, Chicago Fire e Chicago PD, porém, a expectativa é de que os programas voltem à programação normal na próxima quarta-feira (13).

(Fonte: NBC/Reprodução)(Fonte: NBC/Reprodução)Fonte:  TV Guide 

Todas as séries do One Chicago tiveram dois episódios de suas novas temporadas — a 6ª de Chicago Med, a 9ª de Chicago Fire e a 8ª de Chicago PD — exibidas em novembro de 2020. Depois disso, as produções entraram em hiato durante todo o mês de dezembro e retornariam com o terceiro capítulo agora, dia 6 de janeiro de 2021.

No Brasil, as séries da franquia estavam programadas para retornarem à programação do canal Universal TV no dia 25 de janeiro. Ainda não foi divulgada nenhuma informação se o adiamento nos Estados Unidos impactará na data brasileira.

Imagem: Teste Grátis o Amazon Prime
Imagem: Tecmundo Recomenda

Teste Grátis o Amazon Prime

Filmes, séries, música, ebooks, jogos, frete grátis, ofertas exclusivas e muito mais. Assine e tenha todos esses benefícios grátis por 30 dias. Depois será por apenas R$ 9,90/mês.

Séries da franquia Chicago têm retornos adiados devido a protestos nos EUA