17 melhores séries de drama para assistir na Netflix

Minha Série
Imagem de: 17 melhores séries de drama para assistir na Netflix

Quem é que nunca se envolveu de perto com um personagem querido em um filme ou uma série e acompanhou suas angústias, tristezas, alegrias, ansiedades e celebrações? Quando gostamos muito de uma produção e nos identificamos com as pessoas que compõem aquela trama, tudo o que acontece na tela parece fazer parte da vida do próprio espectador.

E há dias em que não tem jeito: a única solução para esquecer as misérias pessoais do dia a dia é se abraçar com um bom drama e chorar largado.

Mas são tantas as opções disponíveis que é difícil saber qual título escolher, não é mesmo? Os sites destreaming como Netflix, Amazon Prime Video e similares apostam no gênero, que costuma fazer sucesso junto ao público, e oferecem um extenso catálogo de produções para dar e vender. Entre clássicos como Grey’s Anatomy e The Good Wife e novidades comoThe Crown, as alternativas são várias!

Separamos aqui nesta lista algumas sugestões de dramas que estão entre as melhores séries da Netflix, com títulos premiados e bem avaliados por público e crítica. Prepare seu lencinho, deixe o número do psicólogo meio à vista e venha conferir as melhores séries de drama disponíveis na Netflix.

1. 13 Reasons Why

Para começar com tudo, vamos abrir esta relação com a história de Hannah Baker (Katherine Langford). Um verdadeiro fenômeno da Netflix, 13 Reasons Why é um drama adolescente que encantou o público e levantou importantes debates sobre bullying, assédio, violência sexual e suicídio. Os temas não são nada leves; porém, por serem importantíssimos, conversar sobre eles é fundamental, especialmente em tempos de internet.

Quando não enxerga mais sentido em nada, Hannah decide desistir mesmo, mas não sem antes deixar claro para todo mundo os motivos pelos quais tomou tal decisão. Por isso, ela grava 13 fitas cassete, dedicadas a cada uma das pessoas que, de alguma forma, a levaram a cometer suicídio.

Atenção, pois a série tem uma grande quantidade de gatilhos emocionais, então vá com calma: você vai chorar bastante. A produção tem ainda o plus de apresentar grandes e talentosos atrizes e atores teen, como a própria Katherine, Dylan Minnette, Christian Navarro, Alisha Boe, Brandon Flynn, entre outros.

2. Bates Motel

Você tem um problema e não sabe como resolver? Então é melhor você chamar o Saul! Essespin-off deBreaking Bad estreou em 2015, trazendo boa parte do elenco da série original e se concentrando na trajetória de um personagem que, embora secundário do drama original, tem suas próprias batalhas para viver.

4. Billions

Se você acha que o climão nas festas fim de ano faz dos seus parentes uma família disfuncional, espere até conhecer os Rayburn. Aparentemente, eles são uma família bastante convencional dos subúrbios norte-americanos, mas por trás do retrato que chega com o cartão de Natal estão conflitos que ninguém pode imaginar.

Com tretas que giram em torno da pousada da família e de brigas entre alguns dos irmãos, Bloodline é um drama perfeito para você que adora séries sobre relações familiares, com uma pitada de suspense.

6. Breaking Bad

Vencedora de dois Globos de Ouro e incontáveis Emmys,Breaking Bad é uma das mais admiradas séries de todos os tempos, top 5 do IMDb. O drama que consagrou Bryan Cranston, Aaron Paul e Anna Gunn gira em torno de um professor de Química que, ao se descobrir com câncer em fase terminal, decide usar sua habilidade para ganhar algum dinheiro, a fim de não deixar sua família desamparada quando ele morrer.

7. Grey’s Anatomy

Uma série original Netflix é a responsável por provar que séries sobre política não precisam ser enfadonhas, muito menos difíceis de entender. Com Robin Wright e Kevin Spacey nos papéis principais, House of Cards mostra como o núcleo político mais poderoso do mundo se organiza em torno de alianças, traições, puxadas de tapete e interesses pessoais.

Nesse centro estão Frank e Claire Underwood, um casal com uma relação complexa e única, capaz de fazer o que for necessário para chegar ao Salão Oval da Casa Branca — custe o que custar. Fazem parte da trama de House of Cards intrigas, discussões, sofrimento, crimes e muito mais.

9. How to Get Away with Murder

Você disse: resolver problemas dos outros? Se, em Los Angeles, temos Ray Donovan, em Washington, há ninguém menos que Olivia Pope (Kerry Washington). Ela foi capaz de levar um homem de uma posição sem vantagem nenhuma à cadeira presidencial, transformando a vida na capital dos Estados Unidos em seu jogo de xadrez particular.

O problema é que Olivia se esforçou tanto para exaltar Fitz (Tony Goldwyn) junto aos eleitores que acabou se apaixonando por ele e se envolvendo romanticamente.

Além dos círculos internos da Casa Branca, Scandal também se centra nos Gladiadores, o time de profissionais que são verdadeiros tubarões e que, com sua moral duvidosa, limpam a barra da galera poderosa do alto escalão.

Definitivamente um dos melhores dramas para assistir na Netflix, Scandal tem sete temporadas e, com muito sucesso, reúne romance, tristezas emocionais, conflitos familiares, ciúme, intrigas, crimes e conspiração.

14. Suits

Você já imaginou como é estar na pele da Rainha da Inglaterra? Claire Foy não apenas já pensou, como também precisou, de fato, incorporar Elizabeth II, a matriarca do palácio de Buckingham e a mulher com o maior poder simbólico do mundo.

Ao menos em suas duas primeiras temporadas, que contam os primeiros anos de preparo da princesa para se tornar rainha, seu casamento com o Duque de Edimburgo, os conflitos de maternidade e do relacionamento — tudo isso enquanto lida com as mazelas do poder.

Na próxima temporada, a série vai entrar em uma fase mais avançada da vida da Rainha, e teremos Olivia Colman no papel principal, além de Helena Bonham Carter como Margareth, no lugar de Vanessa Kirby, que a interpretava até então.

17. The Good Wife

Alicia Florrick (Julianna Margulies) está em um impasse. Com dois filhos para criar, um marido prestes a ir para a prisão e os bens dos dois congelados pelo estado, ela tem de dar um jeito de fazer a roda girar. O problema é que ela não trabalha desde que seus filhos nasceram e agora precisa reencontrar seu caminho no competido universo do Direito, onde o nome Florrick está manchado pelo marido.

The Good Wife é puro sofrimento, mas também é volta por cima, e você vai chorar de tristeza e raiva, mas também de alegria.

Este texto foi escrito por Lu Belin via nexperts.

Veja também:

Categorias