The Handmaid’s Tale: acontecimentos marcantes do episódio 3x06 (recap)

Minha Série
Imagem de: The Handmaid’s Tale: acontecimentos marcantes do episódio 3x06 (recap)

No episódio 3x06 de The Handmaid's Tale, somos apresentados aos Winslow, uma poderosa família de Washington, e vemos que Nick está de volta. O clima fica ainda mais tenso entre Serena e June após discussões políticas se tornarem cruciais para o futuro de Nichole.

Confira os principais acontecimentos de “Household”, o sexto episódio da terceira temporada de The Handmaid’s Tale.

Conhecendo os Winslow

O episódio anterior termina com o pedido de Fred e Serena para conseguir que Nichole volte para Gilead. Agora, em “Household”, vimos esse esforço continuar com o casal realocado em Washington, D.C., para tentar firmar um acordo com o governo canadense. June e tia Lydia também chegam à capital, e todos se dirigem à casa da família Winslow.

O comandante Winslow (interpretado por Christopher Meloni) e sua esposa (Elizabeth Reaser) são apresentados na série junto aos seus filhos de diferentes etnias. Eles formam uma família maior do que muita gente poderia sonhar que existiria em Gilead, o que certamente surpreende Serena.

Enquanto isso, June é escoltada e conhece a aia dos Winslow, que tem a boca coberta pela gola da roupa. Quando June tenta falar, a aia abaixa o pano e revela que sua boca está amordaçada, uma das amostras de que lá a situação é muito mais crítica. Mais tarde, June também tem que cobrir sua boca e pergunta para Lydia: “Você quer que nós sejamos silenciadas?”, ao que ela responde, em lágrimas, que não. No entanto, ela continua a cobrir a boca de June com o pano.

Aproximação

Ao longo do episódio, conseguimos ter uma ideia do quão complexa e intrigante é a família Winslow. Eles se reúnem novamente com os Waterford e, em seguida, Serena tem um momento a sós com a Sra. Winslow, que confidencia em segredo que amava seu livro, mesmo que fosse um “tabu”. Ela diz que a obra a salvou, e Serena fica, ao mesmo tempo, orgulhosa e um pouco receosa com a informação.

Enquanto isso, Fred e o comandante Winslow também têm uma chance de conversarem a sós. Winslow parabeniza Fred pelos avanços nas discussões envolvendo Nichole.

Novo embate

Desde a primeira temporada foi possível perceber a complexidade da relação conflituosa entre June e Serena, mas no último episódio a tensão atingiu um nível muito mais alto do que havíamos visto até então.

As duas mulheres se encontram no memorial de Lincoln – decapitado, diga-se de passagem – e iniciam uma dura conversa no cenário. “Você nunca vai se ver livre de mim”, diz June. “Você nunca se livrará de mim até que as minhas duas filhas estejam seguras.”

Serena, então, revida e diz a June: “Você é pequena. Você é cruel. E você é vazia. Você sempre será vazia”. Ao que June revida: “Eu deveria ter te deixado queimar quando tive a chance”.

Após o tenso momento entre as duas, elas se aproximam com olhar de raiva antes de seguirem em caminhos separados. Podemos ver que, mesmo tendo se ajudado no passado, no final das contas elas sempre serão adversárias.

Este texto foi escrito por Mariana Macedo via nexperts.

Fontes

The Handmaid’s Tale: acontecimentos marcantes do episódio 3x06 (recap)