“O problema de conseguir tudo é que você fica sem razões para continuar tentando, e a interação humana se torna impossível por causa do desequilíbrio”, começou Markus "Notch" Persson em uma série de tweets que mostram como o conhecido criador de Minecraft está deprimido depois da venda da empresa criadora da franquia para a Microsoft.

Para os que não lembram, a Mojang foi comprada pela Gigante de Redmond em setembro de 2014 pela bagatela de US$ 2,5 bilhões. Desde então, Notch já havia se despedido de seus fãs e se sentido um "vendido", apesar de não estar arrependido – ainda. Depois de uma série de tweets em seu perfil oficial, podemos perceber que Markus Persson está bastante depressivo e sem chão depois da negociação com a Microsoft.

Depressão

"Passeando em Ibiza com um monte de amigos e festejando com pessoas famosas, podendo fazer o que eu quiser, e eu nunca me senti tão isolado", disse em um de seus tweets. Markus Persson conta que, durante o período em que vendeu a Mojang para a Microsoft, a maior preocupação era ter certeza de que os funcionários estariam bem cuidados. Hoje, todos eles odeiam o ex-chefe.

Notch ainda conta uma de suas depressivas histórias de amor depois de ter virado um bilionário. "Encontrei uma garota, mas ela estava com medo de mim e do meu estilo de vida e saiu com um cara normal". Logo após a venda da empresa para a Microsoft, o criador de Minecraft havia comprado a mansão mais cara de Beverly Hills.

Arrependimento?

Ao ser questionado por um de seus ex-colegas, Notch revelou ter distribuído de sua parte da negociação cerca de 2 milhões de coroas suecas (cerca de R$ 850 mil) a cada empregado da Mojang. Porém, mesmo assim, o ex-chefe foi chamado de "pão duro". Persson ainda diz que poderia tentar "salvar o mundo" com empresas como a de Elon Musk, mas teme ser exposto ao "mesmo tipo de idiotas que o fizeram vender Minecraft".

“Na Suécia, eu fico sentado esperando os meus amigos com emprego e família terem tempo para fazer alguma coisa, olhando o meu reflexo no monitor”, confessou Notch. “Pessoas que fizeram sucesso repentino estão me dizendo que isso é normal e vai passar. É bom saber disso!”. Essa é a vida de Markus Persson depois da venda da Mojang. Afinal, será que esse foi um bom negócio para ele? E agora, será que ele está arrependido?

Bilionário criador de Minecraft sente-se deprimido após a venda da empresa para a Microsoft. O que dizer sobre isso? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: