Microsoft

Uma patente cadastrada em 2009, porém publicada apenas agora pelo GeekWire, afirma que a Microsoft possui os direitos de um site de relacionamentos um pouco diferente do que existe por aí. De acordo com a patente, o Idea deve usar dados confidenciais, aqueles que você não vai necessariamente publicar em qualquer lugar público, para encontrar o par perfeito.

Um algoritmo seria o responsável por filtrar todos os dados de cada usuário, juntando os casais sem que ninguém precise ficar sabendo exatamente quais são aqueles interesses que você tem vergonha de contar.

O foco é permitir que qualquer um possa inserir em seu perfil informações que possam trazer alguém diferente do comum “bonito, olhos claros e que adora uma aventura”. Com isso, aquilo  de que você não tem orgulho pode ser um ponto a mais para encontrar a pessoa ideal.

Para ilustrar o objetivo do novo serviço, a Microsoft utilizou o interesse nada bizarro por gibis ou livros juvenis, que não são necessariamente aceitos pelos formadores de opinião. Mesmo que duas pessoas sejam jovens profissionais e entendam que não é considerado interessante gostar de algo mais infantil, eles podem se conhecer pelo serviço e, portanto, dividir seu interesse sem a ajuda do acaso.  

Combine com seu par ideal

Apesar de já registrado pela Microsoft, não há indicações de que a empresa vai, de fato, trazer este serviço para o público. Portanto, é difícil imaginar se o Idea seria um sucesso ou acabaria por se tornar um site voltado ao bizarro e escatológico, em vez de proporcionar o encontro entre pessoas com interesses "excêntricos", porém aceitáveis, como gibis e livros.

Cupons de desconto TecMundo: