Smartphones, tablets, ultrabooks, notebooks e outros gadgets estão arrebentando as vendas de PCs faz algum tempo. Muitas pessoas acreditam que, no futuro, os desktops vão até deixar de existir. Enquanto não é possível dar certeza para uma declaração como esta, a Gartner divulgou um relatório alertando que as vendas de computadores vão continuar caindo até 2017.

A taxa de queda é de 7,3% para este ano e para 2016. São 291 milhões de desktops a menos quando comparado com 2014. A Gartner acredita que uma melhora neste cenário apareça só em 2017, com 4% de aumento.

Ranjit Atwal, diretor de pesquisa da Gartner, comenta que o este crescimento de 4% vai aparecer por causa da maior adoção do Windows 10 no mundo corporativo. Além disso, a razão para a queda de vendas é a possibilidade simples de alterar peças de hardware em PCs — então, os usuários demoram muito mais para comprar uma máquina nova.

Como você pode ver na imagem acima, o gadget que continua bombando é o smartphone: são 1,9 bilhão de unidades vendidas em 2015, número que vai subir para 2 bilhões em 2017.

Você pretende comprar um PC ou atualizar o seu atual? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: