A Microsoft já foi uma empresa muito fechada no passado, mas os tempos são outros, e a direção da presidente, Satya Nadella, certamente está trazendo mudanças. Ontem (17), a gigante de Redmond anunciou um novo produto que corrobora os avanços que a companhia está conquistando: uma distribuição Linux.

Chamado Azure Cloud Switch, o sistema oferecerá um serviço baseado na nuvem desenhado para datacenter. Segundo a própria Microsoft, o ACS permitirá depurar, corrigir e testar erros de softwares de forma muito mais rápida. Além disso, o software será flexível e permitirá reduzir seus próprios recursos para desenvolver ferramentas de rede personalizadas.

Uma característica chamativa do sistema é que o gerenciamento dos switches em um datacenter poderá ser feito por meio da interface do Microsoft Azure. Máquinas com Apache serão visualizadas como servidores Windows, e várias operações poderão ser executadas sem que seja necessário digitar código em um terminal.

A dona do Windows sempre teve um repertório sólido de produtos no meio empresarial, mas a decisão de usar Linux em sua última solução não deixa de ser uma surpresa. No comunicado oficial, a companhia deixa claro que agora está muito mais aberta: “Na Microsoft, nós acreditamos que há muitas plataformas boas de hardware no mercado. A ideia é termos uma concorrência saudável com outras soluções, aumentando a velocidade e diminuindo custos”.

Cupons de desconto TecMundo: