Depois de muitos pedidos dos usuários e da grande quantidade de computadores infectados com vírus de pendrives a Microsoft resolveu eliminar a função “AutoRun” das versões mais antigas de seu sistema.

Uma atualização liberada semana passada pela empresa de Bill Gates desabilitou de vez a função “Execução Automática” para dispositivos USB nos Windows 2000, XP e Vista . O objetivo é diminuir o número de vírus que se espalham por meio dos pendrives e outros aparelhos que utilizam as conexões USB das máquinas.

Essa função de execução automática dos dispositivos já foi desabilitada para computadores que rodam o Windows 7, mas os usuários das versões antigas do sistema da Microsoft ainda sofriam com os aplicativos e vírus indesejados instalados automaticamente. 

AutoRun nunca mais!

Com essa modificação nos Windows, a empresas de segurança alertam para o possível surgimento de pragas que se espalhem por meio das mídias físicas, como CSs e DVDs, uma vez que o “AutoRun” não foi desativos para elas, apenas para o USB.

Especialistas também afirmam que não seria nenhuma novidade um novo surto de vírus causado por dispositivos portáteis, mesmo sem a “Execução Automática”. Isso porque os crackers podem utilizar-se da falsa sensação de segurança dos usuários e utilizar outras formas de disseminação dos vírus.

Se você utiliza uma das versões do Windows citadas acima (2000, XP ou Vista), não deixe de fazer a atualização do seu sistema por meio do Windows Update.

Cupons de desconto TecMundo: