A Microsoft divulgou nesta semana o seu relatório fiscal referente ao primeiro trimestre de 2015. Segundo os dados da companhia, o faturamento nesse período foi de US$ 21,7 bilhões, o que representa um crescimento de 6% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Apesar de ter recebido mais dinheiro, a lucratividade da empresa caiu, atingindo a marca de US$ 4,98 bilhões, número 12% menor do que o registrado no ano passado. A empresa destacou ainda que os números desse trimestre incluem US$ 190 milhões relacionados a reestruturação da Nokia, companhia adquirida pela Microsoft recentemente.

Surface e Lumia em alta

As vendas do Surface 3 foram um dos pontos positivos do relatório. O produto rendeu aos cofres da empresa US$ 713 milhões – o que representa um crescimento de 44% em relação ao ano anterior. A empresa não divulga números de quantos aparelhos foram vendidos.

A linha Lumia também trouxe bons resultados à empresa no início deste ano. A Microsoft destacou que foram vendidas 8,6 milhões de unidades nos três primeiros meses de 2015, o que representa um aumento de 18% em relação ao mesmo período de 2014. Contudo, as receitas obtidas com o Windows Phone caíram 16%.

Xbox One e PC em baixa

As vendas de Xbox One caíram. Nos três primeiros meses do ano passado a empresa vendeu 2 milhões de unidades, enquanto no início de 2015 a companhia comercializou apenas 1,6 milhão. A queda no preço do console e a menor procura fizeram com que a receita da Microsoft nesse segmento também caísse pelo menos em 20%.

O mercado de PCs continua em queda e, neste período, as vendas foram 22% menores se comparadas ao mesmo período do ano passado. Por outro lado, o número de assinantes do Office 365 aumentou em 12,4 milhões. Esse foi um dos fatores que fez com que a área de cloud crescesse 106% nesse período.

Cupons de desconto TecMundo: