Para quem estava atento em mais do que futebol na época da Copa do Mundo deste ano, aqui no Brasil, deve se lembrar da Cortana, assistente virtual da Microsoft, tentando prever os resultados dos jogos. Podia parecer apenas uma brincadeira, mas os palpites foram corretos para os 15 jogos da fase final do campeonato, após as partidas de grupos. Os dados para as “adivinhações” vinham da divisão de pesquisa da empresa, que nesta semana leva o sistema um passo adiante ao inaugurar o Microsoft Prediction Lab – um centro de previsões.

Investindo mais nessa habilidade de prever o futuro, a Microsoft lançou um site – em inglês – que se propõe a dar antecipadamente a previsão dos resultados de diversos eventos importantes nos Estados Unidos e no mundo. Para isso os visitantes podem se cadastrar e opinar sobre os assuntos, colocando a sua visão sobre quem ou qual opção vai ganhar em diferentes disputas.

Embora pareça estranho, o método vem funcionando, inclusive acertando o resultado do referendo de independência da Escócia com uma boa antecedência. Enquanto muitos sites e órgãos de pesquisa diziam que a população escocesa estava dividida, David Rothschild responsável na Microsoft pelo novo projeto, garantia que o “Não” iria ganhar – ele registrava os novos números obtidos em seu blog.

Para garantir que as pessoas alimentem o banco de dados com suas previsões, a companhia tornou o site do Prediction Lab em um jogo para seu público, oferecendo a possibilidade de formar times e ganhar pontos. Enquanto as coisas estiverem dando certo, parece que a Microsoft vai continuar apostando nessa ideia ousada. Resta saber até quando a Cortana vai ser a sucessora da falecida Mãe Dinah.

Cupons de desconto TecMundo: