(Fonte da imagem: Reprodução/Microsoft)

A Microsoft divulgou os resultados da pesquisa Índice Global de Segurança na Computação da Microsoft (MCSI, na sigla em inglês), um estudo sobre proteção de dispositivos e a frequência de ataques digitais ao consumidor. A revelação é parte da programação da empresa para o Dia da Internet Segura, comemorado mundialmente em 11 de fevereiro.

Ao todo, foram ouvidos 10.484 voluntários em 20 países, sendo 530 dos entrevistados no Brasil. Os números divulgados são alarmantes: em todo o mundo, o rombo no orçamento de usuários por ataques como phishing pode chegar a US$ 5 bilhões por ano. Já o valor gasto para reparar danos causados por esses golpes é de US$ 6 bilhões anuais.

Além disso, um total de 14% dos brasileiros disseram já terem sido vítima de golpes de phishing na internet, perdendo, em média, R$ 200 devido ao ataque. Confira outros dados e estatísticas da pesquisa:

  • 7% dos brasileiros disseram já ter sofrido roubo de identidade;
  • 23% dos entrevistados tiveram reputações profissionais comprometidas por golpes online;
  • 38% limitam o que estranhos podem ver em redes sociais;
  • 36% limitam a quantidade de informações pessoais exibidas online;
  • 32% ajustam configurações de privacidade em redes sociais;
  • 18% dos brasileiros usam senha ou código PIN para bloquear dispositivos móveis.

Aproveitando a comemoração, a Microsoft lançou ainda o site Safer Online, com dicas para melhorar o comportamento no ambiente digital, proteger-se contra esses ataques e não fazer mais parte das estatísticas.

Entre as dicas, a Microsoft recomenda criar uma senha para proteger cada dispositivo, realizar operações bancárias apenas em redes seguras e usar as configurações de privacidade em redes sociais.

Cupons de desconto TecMundo: