(Fonte da imagem: Reprodução/The Verge)

Embora a Microsoft atualmente esteja trabalhando no “Update 1” para o Windows 8.1, a companhia já está planejando a chegada do Windows 9 através de seu sistema de atualizações “Threshold”. Segundo Paul Thurrot, analista que observa a empresa, o novo produto deve ser lançado em abril de 2015, enquanto a conferência Build 2014 (programada para abril deste ano) deve marcar a revelação dos planos que a organização possui para a plataforma.

A expectativa é a de que a companhia utilize a marca Windows 9 como forma de se afastar de alguns pontos bastante criticados no Windows 8. Embora não haja muitos detalhes sobre o que o sistema operacional deve apresentar, informações indicam que a empresa deve investir na interface “Metro 2.0” como forma de aprimorar seu sistema de “azulejos” e fortalecer seu sistema proprietário de distribuição de aplicativos.

Rumores também indicam que a Microsoft pode estar planejando uma separação dos softwares “estilo Windows 8” que permitiria rodá-los em uma janela separada do modo desktop tradicional. Além disso, o Menu Iniciar deve retornar com força na nova versão do sistema operacional, embora haja a possibilidade de que a empresa já realize essa transição no “Update 2” para o Windows 8.1 (cujo lançamento está programado para o final de 2014).

Desenvolvimento deve começar após a Build 2014

O processo de desenvolvimento do Windows 9 deve passar por três marcos principais, embora não esteja claro quais deles serão disponibilizados ao público. A incerteza se deve ao fato de a Microsoft ainda estar elaborando o processo de criação do sistema operacional, que só deve começar a ser feito após discussões realizadas na conferência Build 2014, cujo principal objetivo será despertar a atenção do público com o anúncio das mudanças da nova plataforma.

(Fonte da imagem: Reprodução/SlashGear)

O sucesso da nova versão do sistema operacional deve ser essencial para o futuro da companhia, que cada vez mais investe na integração entre tablets e desktops convencionais. Caso o sucessor do Windows 8 apresente melhorias substanciais, ele pode acabar relegando a versão atual do sistema ao mesmo patamar do Windows Vista que, embora duramente criticado até hoje, abriu caminho para o lançamento do elogiado Windows 7.

Cupons de desconto TecMundo: