(Fonte da imagem: Divulgação/Microsoft)

Com a fase de desenvolvimento do Windows 8.1 e do Xbox One quase no fim (ambos serão lançados, respectivamente, em outubro e novembro), a Microsoft fez uma postagem especial para explicar os avanços da plataforma Direct3D para desenvolvedores de jogos – e as perspectivas são bastante animadoras.

Segundo Kam VedBrat, gerente da divisão de gráficos do Windows, várias das tecnologias empregadas no console da próxima geração da Microsoft podem ser reaproveitadas no PC, ampliando a capacidade gráfica dessas máquinas. "Desenvolvedores que criam conteúdos para o Xbox One poderão usar as mesmas concepções de programação para Windows e Xbox", explicou.

Isso significa que, em um futuro próximo, o PC pode também experimentar melhorias na implementação do Direct3D 11, atingindo a maior potência possível da máquina em um desempenho regular, levando ainda em conta a economia de energia. Junto com novas ferramentas de desenvolvimento, que possibilitam a criação de games cada vez mais incríveis, essas tecnologias complementariam, por exemplo, os avanços prometidos pela plataforma Mantle, da AMD.

Mas nem todas as notícias são boas: embora o Xbox One apresente gráficos em Direct3D "11.x", outras APIs, como OpenGL e o próprio Mantle não estarão disponíveis para o console. Para ver a postagem completa, é só clicar aqui.

Cupons de desconto TecMundo: