Não se sabe porque a empresa desistiu do lançamento. (Fonte da imagem: Reprodução/Tecnologia.com)

De acordo com o The Wall Street Journal, a Microsoft já esteve desenvolvendo uma loja online que pretendia competir com a Amazon. Não está claro o que a empresa pretendia vender nesse site, mas os preços seriam subsidiados com os lucros recebidos a partir de propagandas na loja e no Bing. Ou seja, a Microsoft iria pagar uma parte de cada item vendido em sua loja para torná-la mais competitiva.

Ao falar com o jornal, a criadora do Windows afirmou que desistiu de seu projeto, que estava sendo chamado internamente de “Project Brazil”. Não há informações também sobre o espaço de tempo em que isso ocorreu, os motivos pelos quais a empresa abandonou a investida ou quando pretendia lançar a loja.

Mesmo tendo desistido do projeto Brazil, uma fonte da empresa afirmou que a companhia ainda se interessa em desenvolver uma forma de tornar compras na internet uma experiência mais agradável. Por isso, essa loja estaria integrada com o Windows, Windows Phone e Xbox. Por conta dessa possível integração, especula-se ainda que a Microsoft poderia ter como foco produto eletrônicos.

Cupons de desconto TecMundo: