Parceria entre Nokia e Microsoft vem de longa data. (Fonte da imagem: Reprodução/Engadget)

Microsoft e Nokia podem ter chegado bem perto de se tornarem uma empresa só, segundo informações de fonte sigilosa publicadas no Wall Street Journal. A gigante dos computadores quase chegou a um acordo verbal com a fabricante de celulares para comprar o setor de hardware móvel da companhia, mas as negociações foram encerradas.

De acordo com o jornal, ambos os lados se encontraram este mês para discutir um acerto, mas a Microsoft desistiu do acordo em face do preço pedido pela Nokia e de sua posição no mercado de smartphones, inferior à da Apple e da Samsung. Nem mesmo a possibilidade de utilizar dinheiro de fora dos EUA, evitando pesadas taxas na negociação, fez a empresa de Bill Gates mudar de ideia.

Parceria estreita

Desde 2011, quando a Nokia adotou o Windows Phone como sua principal estratégia para smartphones (para o desgosto de fãs do Symbian), as duas companhias vêm mantendo uma relação de negócios bem próxima.

Em entrevista ao Pocket-lint, o gerente sênior de marketing do Windows Phone, Casey McGee, afirmou que a Microsoft possui certa influência no desenvolvimento dos aparelhos da linha Lumia. “Nós gostamos de ter a variedade que temos. Estamos tão próximos do processo que parece até ser nosso filho também. Especialmente com a Nokia”, acrescentou.

Cupons de desconto TecMundo: