A relação entre a Microsoft e os adeptos de sistemas operacionais de código aberto não é das mais amistosas. Para piorar essa situação, a empresa dona do Windows foi acusada por um grupo espanhol — intitulado como Hispalinux — de dificultar a utilização do Linux e outros softwares do gênero em computadores europeus.

Segundo o documento enviado pelo grupo para a Comissão Europeia, essa obstrução de sistema operacional acontece em computadores vendidos com o Windows 8, por conta do recurso de segurança chamado UEFI Secure Boot. A ferramenta “controla” alguns processos do sistema enquanto ele é ligado, interferindo na utilização de softwares Linux.

O UEFI Secute Boot pode ser desativado manualmente caso o dono do computador deseje fazer isso. No entanto, essa decisão pode prejudicar o funcionamento da máquina — além de ser um incômodo bastante desnecessário para quem deseja trocar o sistema do seu próprio PC.

E as consequências?

Ainda não se sabe qual vai ser o resultado desta manifestação, mas é muito provável que algo de peso aconteça, já que a Hispalinux representa cerca de 8 mil usuários de sistemas de código aberto. Apesar disso, nem a Microsoft e nem a Comissão Europeia chegaram a comentar algo sobre o assunto.

Também vale lembrar que a companhia do Windows foi multada pela União Europeia no começo deste mês por quebrar o compromisso de oferecer diferentes opções de navegadores no seu sistema — e o valor não foi baixo, já que ela foi obrigada a pagar R$ 1,4 bilhão como forma de punição disciplinar.

Cupons de desconto TecMundo: