Como possui uma série serviços em nuvens, a Microsoft é acionada na justiça constantemente. Não por cometer alguma infração ou algo parecido, mas porque advogados e promotores realizam pedidos para que sejam quebrados os sigilos das contas de alguns usuários. Os motivos para isso são os mais variados — desde suspeita de evasão de divisas até adultérios e outras atitudes similares.

E agora, pela primeira vez, a Microsoft decidiu revelar os números de pedidos de aplicação das leis para abrir as contas dos seus usuários. Em todo o mundo, foram mais de 70 mil pedidos judiciais — apenas em 2012. Desse número, o Brasil é responsável por 2,2 mil, tornando-se o oitavo país a mais acionar a Microsoft para assuntos similares aos já mencionados. Vale dizer que apenas sete deles foram concedidos pela justiça.

À frente do Brasil, apenas Turquia, Estados Unidos, Reino Unidos, França, Alemanha, Taiwan e Austrália. Entre os principais serviços mencionados nas ações estão o Hotmail, SkyDrive, Xbox LIVE, Messenger, Office 365 e Skype. Ainda não há informações sobre a continuidade nos relatórios, por isso não sabemos se no próximo ano a Microsoft irá revelar novamente os dados.

Cupons de desconto TecMundo: