(Fonte da imagem: Reprodução/TheVerge)

Todo mundo que costuma navegar pela internet com regularidade já deve ter encontrado pelo menos um viral ou meme. Como você sabe, esse tipo de conteúdo é extremamente popular e, por conta disso, tem o poder de alcançar pessoas de várias idades e em qualquer lugar do mundo.

Muitas empresas pagariam rios de dinheiro para conseguir criar postagens desse gênero, com o simples objetivo de se tornarem muito populares. O problema é que não há como fabricar esse tipo de coisa de maneira programada, pois elas “acontecem” de acordo com o gosto de quem navega pela internet — ou seja, é tudo muito espontâneo.

Para solucionar essa espécie de charada, na TechFest a Microsoft revelou um dos seus novos projetos, o ViralSearch. Essa ferramenta rastreia qualquer tipo de conteúdo disseminado pela internet, como frases, palavras e até mesmo postagens do Twitter, montando uma espécie de “histórico” de compartilhamentos.

E para que isso serve?

Com esse conhecimento em mãos, o pessoal da Microsoft pode começar a entender como determinados tipos de conteúdo se tornam abrangentes e populares na internet. A princípio, a empresa não pretende vender o ViralSearch ou os seus resultados como um produto para outras companhias.

O objetivo inicial da Microsoft, na verdade, é o de utilizar os dados recolhidos para fomentar a venda dos seus próprios produtos, como os seus tablets, por exemplo. No entanto, a questão que fica é: será que tudo isso vai dar certo?

Cupons de desconto TecMundo: