Anos após o lançamento do iPhone, a Microsoft, principal concorrente da Apple, não havia se esforçado muito para competir no mercado de smartphones. Porém, ontem, durante a conferência da empresa no Mobile World Congress 2010, tudo mudou.

A Microsoft deixou a plateia de queixo caído ao apresentar seu mais novo produto, o Windows Phone 7. Este novo sistema operacional para celulares foi desenvolvido "do zero" e parece ser diferente de tudo aquilo que a turma da janelinha já fez.

Está na hora de esquecer a tela azul da morte em seu computador ou o sistema operacional para smartphones que fazia você chorar (de raiva!). O Windows Mobile foi morto, enterrado e já deve estar na porta do céu - ou inferno, quem sabe. Em ritmo de carnaval, abra alas para o Windows Phone 7, o que pode ser a coisa mais inovadora que você já viu desde o lançamento do iPhone, há três anos. Windows Phone 7

Na conferência da Microsoft, Steve Ballmer economizou palavras e partiu diretamente para o vídeo de demonstração do produto. Os analistas e críticos já aguardavam por alguma novidade relevante, mas ficaram realmente surpresos com o que viram.

Com um visual inovador, propostas interessantes e extremamente ambicioso, o Windows Phone 7 vem com tudo. Segundo Joe Belfiore, responsável pelo projeto, a Microsoft resolveu focar no usuário, deixando aquela velha teoria de que smartphone é um computador pequeno bem longe de seu projeto.Interface

Se você pensa na Microsoft como uma empresa certinha e com poucas inovações gráficas, é hora de mudar. A interface do Windows Phone 7 é surpreendente. Em vez do visual organizado, clássico e simples, a empresa partiu para quadrados coloridos que carregam todas as informações que você precisa.

A tipografia é grande e o uso parece ser bastante intuitivo, lembrando a interface do Zune, o player da Microsoft. Perto do Windows Phone 7, o smartphone da Apple parece "quadrado", velho e chato.

Visual inovador

As principais ferramentas são organizadas em grupos: People (pessoas), Pictures (imagens), Games (jogos), Music + Video (música e vídeo), Marketplace (compras) e Office (escritório). No primeiro grupo, por exemplo, não estão apenas os seus contatos, mas também suas redes sociais, com updates automáticos de suas contas do Facebook e Windows Live.

E falando em Zune, a área de Music + Video pode ser encarada como o próprio Zune dentro do seu celular. Toda a sua coleção de músicas e vídeos poderá ser sincronizada com o computador.Xbox Live

A Microsoft acertou ao lançar o Xbox. Apesar dos erros e problemas enfrentados pelos usuários, o console se destacou e hoje faz parte da santíssima trindade dos games, junto ao Playstation 3 e ao Nintendo Wii. Na área de jogos, a grande tacada do Windows Phone 7 é a integração com o Xbox live, rede social dos jogadores.

Jogos mais perto de você

A ideia não é levar os principais games para dentro do seu celular (ainda!), mas permitir que você veja a sua página de usuário, seus pontos e amigos. A empresa garante que este é apenas o primeiro passo em relação aos jogos. Quem sabe em breve você poderá se divertir com grandes jogos do Xbox diretamente no seu celular.Aplicativos

O Windows Mobile está mortinho da silva e levou com ele todos os seus aplicativos. É isso mesmo: o Windows Phone 7 não quer nem saber dos programas que você tem para Windows Mobile. A partir de agora, os programas terão uma interface padronizada com uma barra para comandos na parte inferior da tela. Como já era de se esperar, a busca e o sistema de mapas ficam por conta do Bing e do Bing Maps.

O Office não fica de  fora

O já mencionado Marketplace é a área onde o usuário compra seus aplicativos. O Windows Phone 7 só será lançado no próximo semestre, portanto, há alguns meses para que os programas comecem a ser desenvolvidos. Valores não foram mencionados, mas altos preços devem ficar de fora, seguindo os padrões do mercado.

Multitasking? Esse tópico é uma grande dor de cabeça. Enquanto usuários estão loucos atrás de sistemas multitarefa, analistas e blogueiros acreditam que a característica beira o desnecessário. Ao ser questionado sobre isso, Belfiore saiu pela tangente e não deu uma resposta direta. Ao que tudo indica, há grandes chances de que a Microsoft deixe o multitarefas de lado.Hardware

O iPhone OS só funciona no iPhone, assim como o Mac OS X, teoricamente, só roda no Mac. A Apple é vista com maus olhos por conta disso, mas poucos param para pensar o por que da exclusivdade de hardware.

Quando um software é criado para rodar em um determinado hardware, o desempenho é muito melhor do que aquele que é otimizado para milhares de hardwares diferentes. Se o Mac OS X roda no Mac e o Windows roda em qualquer PC, é obvio que o Mac será muito mais rápido e estável, já que não precisa se adaptar ao computador.
O mundo dos smartphones nunca mais será o mesmo
Parece que, enfim, a Microsoft entendeu que essa exclusividade de hardware pode ter um lado positivo. O Windows Phone 7 é um sistema operacional para smartphones e precisa do aparelho em si para funcionar.

O pessoal de Redmond não vai produzir seus próprios smartphones, mas vai forçar a barra dos fabricantes. Há uma série de exigências para que um celular rode o Windows Phone 7: tela multitoque capacitativa com, pelo menos, quatro pontos de toque; acelerômetro; câmera de 5 Megapixels e rádio FM. Além disso, o smartphone só poderá ter três botões: start, busca e voltar.

Em termos de processador e gráficos, a empresa não liberou nada específico ainda. Sabe-se, entretanto, que o aparelho passará por diversos testes antes de ser liberado para usar o Windows Phone 7.

A exclusividade de hardware nunca foi uma característica da Microsoft. Estas medidas não chegam nem perto daquelas tomadas pela Apple, mas já devem fazer uma boa diferença no desempenho do sistema operacional. As empresas parceiras da Microsoft, até agora, são a Qualcomm, LG, Samsung, Garmin, Asus, HTC, HP, Dell, Sony Ericsson e a Toshiba.Antes tarde do que nunca

A Microsoft deveria ter lançado algo como o Windows Phone 7 já há dois ou três anos. Porém, antes tarde do que nunca e eis que a empresa de Redmond surpreende o mundo da tecnologia com um grandioso sistema operacional para smartphones. De acordo com alguns felizardos que puderam testar o Windows Phone 7 no Mobile World Congress 2010, o sistema vai muito além do esperado.

Windows Phone 7

Vídeos e imagens mostram uma interface diferenciada e características interessantes como o Xbox live e a integração com redes sociais. O Windows Phone 7 deve chegar ao mercado no final do ano e o cenário dos smartphones está para mudar.

Cupons de desconto TecMundo: