Windows RT não é o sucesso que a Microsoft esperava. (Fonte da imagem: Divulgação/Site Oficial)

O ano de 2012 fechou com a produção de tablets com Windows RT ultrapassando a marca das 2 milhões de unidades, número bem abaixo da previsão inicial da Microsoft para o seu sistema operacional portátil, que era de 4 a 4,5 milhões de produtos.

Além disso, as vendas também não são nada satisfatórias, e uma rede de fabricantes baseada em Taiwan aponta que menos de 1 milhão de unidades do tablet foram comercializadas ao longo de 2012. Desde o anúncio do Surface, na metade de 2012, todos os demais tablets da Microsoft que embarcavam o Windows RT venderam cerca de 400 mil unidades.

As fontes ligadas ao DigiTimes indicam também algumas justificativas para o fracasso da Microsoft: preços relativamente altos e incompatibilidade de uma série de aplicativos do Windows 8 para a versão portátil do sistema. As fabricantes afirmaram também que a Microsoft convidou algumas companhias para trabalhar junto na elaboração de uma nova geração de modelos com Windows RT, mas, mesmo que isso dê certo, não deve acontecer tão cedo.