Tablets de baixo custo também fazem a Microsoft lucrar. (Fonte da imagem: Divulgação/Coby)

A lista de fabricantes que engordam o bolso da Microsoft por violar uma patente misteriosa está aumentando. Dessa vez, a Coby e a Aluratek foram o alvo da empresa, juntando-se a grandes nomes como Samsung, Acer e HTC.

Pouco se sabe sobre a patente violada pelas empresas ao fabricar tablets funcionando com o SO móvel da Google. No entanto, a “política” da Microsoft em preferir lucrar com o Android em vez de tentar proibir a circulação dos produtos está ficando cada vez mais clara.

O executivo responsável pelo departamento de propriedade intelectual da empresa de Bill Gates, Horacio Gutierrez, disse ontem (09) em sua conta no Twitter que “os acordos de licenciamento não são apenas para as grandes fabricantes”. Na oportunidade, Gutierrez listou os acordos referentes às patentes violadas com as duas fabricantes de tablets de baixo custo e disse mais tarde que essa é a melhor saída para o problema.

Além de faturar com os tablets Android, a Microsoft também ganha uma grana preta com os smartphones que rodam o SO da Google. De acordo com a criadora do Windows, em janeiro deste ano 70% desses dispositivos vendidos nos EUA faziam parte dos acordos de licença com a empresa.

Fontes: Microsoft (Twitter) e The Verge

Cupons de desconto TecMundo: