A Microsoft foi condenada a pagar uma multa de € 860 milhões (aproximadamente R$ 2,2 bilhões) a órgãos antitruste europeus. De acordo com a Reuters, a decisão judicial se deve à quebra do prazo estipulado para que a empresa passasse dados sobre os seus sistemas operacionais a concorrentes — informações que haviam sido definidas anteriormente pelos referidos órgãos.

A companhia deveria passar informações necessárias para que a concorrência pudesse desenvolver plataformas capazes de concorrer com seus sistemas operacionais consagrados. Embora a Microsoft tenha entrado com um recurso para evitar o pagamento, a Corte Geral europeia acabou apenas por derrubar o valor salgado em 4% — reforçando, portanto, a decisão da Comissão Europeia sobre o caso.

Até o momento, não há nenhum pronunciamento oficial da empresa sobre o assunto. Fique ligado no Tecmundo para mais novidades.

Fonte: Reuters

Cupons de desconto TecMundo: